16 de abril de 2021
Campo Grande 32º 20º

Economia

Procon-SP notifica LG para esclarecimentos sobre fim de fabricação de celulares

source
LG vai encerrar produção de celulares e PCs em SP e deve demitir 700
Bruno Gall De Blasi
LG vai encerrar produção de celulares e PCs em SP e deve demitir 700

O Procon-SP notificou a LG Eletronics do Brasil a prestar esclarecimentos sobre o encerramento da fabricação de smartphones anunciada pela empresa no começo desta semana . A entidade solicita documentações sobre o período em que a empresa manterá os produtos no mercado, além de peças de reposição e acessórios compatíveis aos aparelhos fabricados nos três últimos anos.

A empresa também deverá informar os modelos disponibilizados neste prazo, além de manuais de usuário e relação de assistências técnicas autorizadas . O Procon-SP ainda pediu explicações sobre a suspeita de redução de empresas especializadas em smartphones LG e a comprovação de vida útil dos aparelhos.

O órgão de defesa do consumidor ainda solicitou os planos de atendido ao cliente em caso de defeitos, manutenções e garantias.

A empresará tem até sexta-feira (09) para prestar os esclarecimentos solicitados. O Procon-SP não informou se haverá multa em caso de atraso.

Fechamento de fábrica

A LG anunciou, na última segunda-feira (5), que vai deixar o mercado de celulares em todo o mundo para se dedicar a produção de produtos domiciliares e inteligência artificial . A decisão afeta a fábrica da empresa em Taubaté, no interior de São Paulo, que conta com 400 funcionários apenas no setor de telefonia móvel .

Na semana passada, com os rumores de que a LG deixaria o mercado de smartphones, os funcionários entraram em greve. A decisão foi tomada na terça-feira (30), mesmo dia em que as negociações entre dirigentes sindicais e LG se iniciaram.

"Nesta primeira reunião, os representantes da empresa nos mostraram três cenários: a possibilidade de fechamento, reestruturação e venda do setor. Nossas negociações seguem para amparar os trabalhadores em qualquer um desses cenários", disse Cláudio Batista, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau), na ocasião. Neste dia, a LG ficou de apresentar aos funcionários uma proposta até sexta-feira (09).