17 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 21º

Economia

Renault Captur segue disponível em versão única antes da reestilização

A- A+
source
Renault Captur Bose: é a única versão que sobrou na linha do SUV antes de receber a mudança
Divulgação
Renault Captur Bose: é a única versão que sobrou na linha do SUV antes de receber a mudança


Previsto para ganhar mudanças mecânicas e no visual ainda no primeiro semestre deste ano, o SUV compacto Renault Captur atual aparece no site da marca francesa apenas na série especial Bose, de R$ 113.990.


Lançado em outubro de 2019, o Renault Captur Bose se destaca pela presença do sistema de som Bose com amplificador de sete canais, tweeters de 25 mm no painel, woofers de 165 mm nas portas dianteiras e alto-falantes de 130 mm nas traseiras, além de um subwoofer no porta-malas.

O item se soma a uma lista de equipamentos que já inclui ar-condicionado automático, sistema multimídia com espelhamento via Android Auto e Apple CarPlay, sensor de chuva, faróis com acendimento automático, chave presencial, controles eletrônicos de tração e estabilidade e assistente de partida em rampas.

Você viu?


Embora na época do lançamento a série especial estivesse disponível também com o motor 2.0 de 143/148 cv (gasolina/etanol) e um câmbio automático de quatro marchas, atualmente a única opção de motorização para o Captur Bose é o 1.6 de 120/118 cv, combinado a um câmbio automático CVT.

Versão renovada

Renault Kaptur russo estreou no ano passado retoques no visual e novo motor 1.3 turbo, que virá ao Brasil
Divulgação
Renault Kaptur russo estreou no ano passado retoques no visual e novo motor 1.3 turbo, que virá ao Brasil


Com lançamento previsto para junho no mercado brasileiro, o Renault Captur irá seguir o estilo do carro lançado no ano passado na Rússia, onde o SUV feito sobre a base do Duster é vendido com o nome Kaptur . Por lá, além do retoque na dianteira, com novos faróis e grade, o modelo estreou um novo volante, que é o mesmo usado atualmente nos Logan, Sandero e no Duster, e um novo sistema multimídia com tela de 8".

Mas as principais novidades estão no conjunto mecânico. Além da troca do sistema de direção eletrô-hidráulico pela assistência elétrica, o Renault Captur passou a utilizar um novo motor 1.3 turbo de 150 cv, que foi desenvolvido em parceria com a Mercedes-Benz já é utlizado no Brasil em modelos como o hatch Classe A e os SUVs GLA e GLB.

Fonte: IG CARROS