19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

ECONOMIA

Setor de serviços em MS tem aumento de 3,5% em dezembro de 2020

Mesmo em meio a pandemia provocada pelo coronavírus

Mesmo com um fim de ano atípico, sem festas e aglomerações, o mês de dezembro de 2020 teve resultado positivo no volume de serviços em Mato Grosso do Sul, com crescimento de 3,5% em relação ao mês de novembro, segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já em relação à receita nominal, o índice foi um pouco menor, mas ainda assim positivo, com 1,6%. Na variação mensal, quando se compara o mês ao mesmo período do ano anterior, o crescimento foi de 8,5% no volume de serviços. Já no acumulado do ano e nos últimos 12 meses, os índices foram negativos, com - 1,2% cada.

O volume de vendas é o índice considerado na hora de avaliar se houve melhora no setor, pois demonstra um aumento real de compras, por se referir a unidades físicas. Já a receita nominal pode sofrer influência da inflação, que faz com que ela aumente.

Para a economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS), Daniela Dias, os resultados mostram um impacto no setor de serviços, devido à realidade das alterações comportamentais, pelo fato das pessoas ficarem mais em casa.

"Muitas demandas específicas por serviços, como os prestados às famílias, tiveram grande destaque, como o entretenimento, os que estão associados à alimentação, que apresentaram um aumento significativo em relação a 2019 (8,5%). Até que o nosso desempenho foi bastante favorável, visto que tivemos um ano de 2020 bastante difícil, superando, inclusive, algumas médias nacionais e de outros estados. Precisamos que esse nosso potencial de reação se mantenha para que consigamos amenizar ainda mais os impactos na economia, diante da pandemia que se mantém", explica.