21 de setembro de 2021
Campo Grande 39º 24º

Economia

Toyota e Renault suspendem produção devido à Covid-19; 8 empresas já pararam

A- A+
source
Renault também irá paralisar fabricação no Brasil por causa da Covid-19
Renato Mota
Renault também irá paralisar fabricação no Brasil por causa da Covid-19

A Toyota anunciou nesta quinta-feira (25) que vai paralisar a produção em quatro fábricas no estado de São Paulo após o aumento no índice de contágio da Covid-19 no país. A empresa é a sexta montadora que paralisa as atividades.

Em comunicado, a montadora informou que a decisão foi tomada em conjunto com os sindicatos que representam os trabalhadores e visa proteger os funcionários da doença. De acordo com a Toyota, os funcionários devem ficar em casa até 5 de abril, quando os trabalhos nas fábricas devem ser normalizados.

"A medida tem como objetivo contribuir com a redução de circulação de pessoas no momento mais crítico da pandemia no país, além de atender a antecipação de feriados por parte de autoridades em algumas dessas regiões", disse a companhia japonesa.

A montadora tem 5.600 funcionários distribuídos nos polos de Sorocaba, Porto Feliz, São Bernardo do Campo e Indaiatuba. Os funcionários da última cidade devem se apresentar no dia 6 de abril.

Você viu?

A Renault também anunciou a paralisação da produção em São José dos Pinhais (PR). O funcionamento da empresa será suspensa entre os dias 29 de março e 5 de abril.

A paralisação foi negociada com o Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba e os dias não trabalhados serão compensados. A montadora informou que manterpa o serviços essenciais em funcionamento e as áreas administrativas continuam trabalhando em regime home office.

Paralisação de montadoras

O aumento de casos de Covid-19 no país tem preocupado montadoras que se viram obrigadas a paralisar os trabalhos até o começo do próximo mês. A Volkswagen foi a primeira a anunciar o fechamento de suas fábricas para evitar a contaminação de funcionários.

A decisão foi acompanhada pela Scania e Volvo no começo da semana . Na terça-feira (23), a Mercedes-Benz foi a quarta montadora a paralisar os serviços em sua fábrica , em São Bernardo do Campo (SP).

Na quarta-feira (24) foi a vez da Nissan anunciar a suspensão da produção de veículos , após o aumento de casos de Covid-19 no país.