14 de junho de 2021
Campo Grande 27º 13º

Valor do Gás de Cozinha será reajustado

A- A+

Apesar dos preços internacionais do GLP estar em queda desde setembro, o percentual de reajuste anunciado pela Petrobras será em torno de 15% no Rio de Janeiro e 18% em São Paulo para a venda granel. Porém, segundo as Companhias Distribuidoras, os envasados, P-20Kg e P-45 Kg, já estão reajustados desde o dia 13 de dezembro.

De acordo com a ASMIRG-BR (Associação Brasileira dos Revendedores de GLP), a entidade representativa da classe dos revendedores lamenta por mais este aumento e esclarece que o aumento esta vinculada a venda granel do nosso produto.

Como em nosso setor, a colocação de dois pesos e duas medidas são aplicados de forma corriqueira, os consumidores, a população que mora em prédios (condomínios) que precisam utilizar do P45 Kg, serão penalizadas com este novo aumento.

Outro fato que merece a atenção é a suspeita da prática do preço médio utilizado pelas Distribuidoras. Segundo denuncia de uma Distribuidora de venda granel, as cinco Distribuidoras que dominam o mercado nacional, utilizam da pratica de preço médio, usando assim os benefícios do gás subsidiado pelo governo.

A matemática é simples, deverá ser somado  o preço de compra dos granel com os botijões residenciais P-13Kg que não sofrem aumento na Petrobras desde 2003 e calcula-se o preço médio para venda GLP.

Além desta média, os resíduos que retornam tanto nos P-13 Kg (residencial) como nos P-20 e P45Kg, devem ser destacados, já que são revendidos ao consumidor desta vez sonegando todos os impostos.

Dany Nascimento