24 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

Economia

Volkswagen suspende produção no país após aumento de casos de Covid-19

A- A+
source
Montadora justifica medida para proteger funcionários e familiares
Reprodução: iG Minas Gerais
Montadora justifica medida para proteger funcionários e familiares

A Volkswagen  anunciou, na tarde desta sexta-feira (19), a suspensão da produção de veículos nas quatro fábricas no Brasil entre os dias 24 de março e 4 de abril. De acordo com a montadora, o afastamento dos funcionários se deve ao alto índice de contágio da Covid-19 nos últimos dias no país.

Em comunicado, a empresa frisou a pretensão de proteger funcionários e colaboradores, mas informou a manutenção de serviços essenciais , como zeladoria e segurança. A recepção de peças e entrega de veículos às concessionárias também devem se manter nos próximos dias.

Funcionários das fábricas de São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP), São Carlos (SP) e São José dos Pinhais (PR) deverão se manter afastados, mas não devem ter prejuízos salariais neste período. Segundo a montadora, a decisão foi tomada em comum acordo com sindicatos e a reposição dos dias parados acontecerão em momento oportuno.

A empresa ainda manteve empregados das áreas administrativas em sistema de trabalho remoto. Essa medida deve se estender pelos próximos meses.

Confira o comunicado emitido pela Volkswagen

"A Volkswagen do Brasil comunica suspensão de atividades relacionadas à produção de todas as suas unidades no País, localizadas nos estados de São Paulo e Paraná, a partir do dia 24 de março de 2021 por 12 dias corridos.

Com o agravamento do número de casos da pandemia e o aumento da taxa de ocupação dos leitos de UTI nos estados brasileiros, a empresa adota esta medida a fim de preservar a saúde de seus empregados e familiares. Nas fábricas, só serão mantidas atividades essenciais.

Os empregados da área administrativa atuarão em trabalho remoto. A medida foi tomada em conjunto com os Sindicatos locais."