29 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

NOVA ALVORADA DO SUL

Conscientizaçao e medidas adequadas dão a melhor resposta ao Covid-19

Aline Mesquita, diretora do hospital, destaca fatores que referenciam município na prevenção à pandemia

Um caminhoneiro que foi contaminado provavelmente durante uma viagem. Este é o único caso confirmado de contaminação pelo Covid-19 em Nova

Alvorada do Sul desde que a cidade passou a dotar medidas de prevenção e combate, isto logo que a pandemia foi anunciada. 

Às margens da BR-163, o município cresce combinando dois fatores que hoje poderiam torná-lo um os mais afetados pelo coronavírus em Mato Grosso do Sul: além de tradicional ponto de passagem, repouso e abastecimento da BR-163, é agora um dos lugares que mais tem atraído investimentos  de ponta na agroindústria. Com isso, cresceu a circulação de pessoas de todas as regiões e a expansão demográfica vem dando saltos consideráveis.

Mas o cenário que deveria favorecer a rápida propagação da pandemia é de total e absoluta tranquilidade. A explicação, segundo a farmacêutica bioquímica Aline Mesquita, diretora do Hospital Francisca Ortega. 

Ortega, tem dois pontos e partida: as medidas de prevenção adotadas pelas autoridades sanitárias locais e a conscientização da população.

Para ela, a sociedade responde com vigor e eficiência ao desafio de cumprir os protocolos médico-científicos e vem seguindo os decretos restritivos editados pela prefeitura.

“Desde que a pandemia foi oficializada, procuramos aprender e conhecer o melhor possível as características da doença, enquanto nos preparávamos para combate-la”, informa a diretora. “O poder publico não perdeu tempo, foi ágil. As equipes de saúde buscaram conhecimento e capacitação, fomos ao Hospital Regional (Campo Grande) acompanhar e atualizar-nos sobre os procedimentos de referência, fizemos cursos online, enfim, nos municiamos para dotar nosso município da melhor segurança”, completa Aline Mesquita.

O trabalho realizado pelos profissionais do Hospital Francisco Ortega é um dos subsídios mais importantes que compõem a pauta de providências da política publica de emergência de Nova Alvorada do Sul no enfrentamento à pandemia. Apesar do vai-e-vem intermitente de veículos e da circulação intensa de pessoas, o Município dispõe de mecanismos eficazes para proteção e prevenção. “Temos uma equipe bastante comprometida, competente, sabe como agir nesta situação. As ações da Prefeitura cobrem todas as exigências pré-estabelecidas pelos protocolos médicos, como as barreiras sanitárias, a vigilância epidemiológica e o isolamento social. Mas não podemos descuidar, precisamos estar sempre atentos e preparados”, concluiu Aline Mesquita.