20 de outubro de 2020
Campo Grande 30º 21º

Autódromo recebe competição nacional de motovelocidade no domingo

Neste final de semana o autódromo internacional de Campo Grande recebe os pilotos da sétima etapa do campeonato brasileiro Moto 1000 GP. Pela primeira vez o evento é recebido na Capital, dando a oportunidade à população de prestigiar o evento. Cinco categorias serão disputadas no autódromo: Light e a GP Máster, que formam um único grid, e a GP 1000, categoria principal, têm na pista motos com motores de 1.000cc. A categoria GPR 250, instituída neste ano para fomentar a formação de talentos e a GP 600 completam o cronograma da etapa.O evento oportuniza e incentiva novos atletas a prática de motovelocidade, além de dar destaque e visibilidade nacional a Campo Grande. O autódromo passou por recapeamento no trecho das curvas do circuito, recebe hoje a revitalização nas faixas de segurança da pista que tem 3.433 metros de extensão no sentido anti-horário. Segundo informações do deputado estadual, Amarildo Cruz que encaminhou indicações ao prefeito Alcides Bernal solicitando o recapeamento asfáltico da pista do Autódromo Internacional de Campo Grande, a manutenção é necessária visto que o local recebe vários eventos automobilísticos, alguns de âmbito nacional. Segundo ele, o Autódromo necessitava das obras para garantir mais segurança aos competidores. Os ingressos para a etapa do Moto 1000 GP custam R$ 10 para arquibancada, estudantes e idosos pagam meia R$ 5. O valor para ter acesso ao Paddock (boxes) é de R$ 35,00. Os convites podem ser adquiridos nos Postos Petrobras em Campo Grande e no domingo, a partir das 7 horas, na portaria do Autódromo de Campo Grande. (Tayná Biazus)