28 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 24º

Blatter diz que concorda com Dilma e que confia no Brasil após críticas

Um dia depois de criticar o Brasil dizendo que o país começou "tarde demais" a preparação para a Copa do Mundo de 2014, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse em seu perfil no Twitter que confia no país.

O dirigente afirmou concordar com a presidente Dilma Rousseff, que na mesma rede social falou que "torcedores do mundo inteiro confiam no Brasil"."Concordo com os comentários de @dilmabr sobre a #Copa2014. O mundo todo está esperando pela #CopadasCopas. O Brasil será um ótimo anfitrião", escreveu Blatter no Twitter. Mais cedo, Dilma, sem fazer menções às críticas feitas por Blatter ao Brasil, procurou mostrar que o governo está confiante no sucesso do Mundial.
"Os brasileiros começam 2014 confiantes que irão sediar a #CopadasCopas. No Brasil, a Copa estará em casa, pois este é o país do futebol. Todos os que vierem ao Brasil serão bem recebidos, porque somos alegres e acolhedores", disse Dilma.

O presidente da Fifa também anunciou que o Brasil será o "centro das atenções" na premiação do Bola de Ouro, que vai revelar o melhor jogador do mundo na temporada 2013.

Em entrevista ao jornal suíço 24 Horas, no último domingo, Blatter afirmou que o Brasil "é o pais com mais atrasos desde que eu estou na Fifa e foi o que teve mais tempo, sete anos, para se preparar". Nesta segunda, entretanto, o dirigente mudou o tom. "Apenas 157 dias para a abertura da #Copa2014, em São Paulo. Os preparativos estão a todo vapor nas 12 sedes. Brasil 2014 será um sucesso", afirmou Blatter.

Agência UOL