29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

Faltando duas rodadas, times fazem contas para avançar ou não cair

A primeira fase do Campeonato Estadual MS termina no domingo (9) com os jogos da décima quarta rodada e a tônica dos clubes nos próximos dias será fazer contas para saber o que precisam para avançar para a próxima fase ou ainda escapar da degola. Dos 14 times, apenas o Urso de Mundo Novo, já rebaixado, não precisa usar calculadora. Costa Rica, Cene, Ubiratan, Naviraiense e Águia Negra, ká classificados, jogam pensando na melhor colocação possível para obter vantagens nas fases decisivas da competição.

A briga para se juntar aos cinco já garantidos na próxima fase está intensa. No Grupo A, as duas vagas restantes estão sendo disputadas pelos cinco times que restam, inclusive os dois na zona de rebaixamento. No B, resta apenas uma vaga, hoje nas mãos do Ivinhema, mas que pode também ser de Sete de Dourados ou Itaporã. Também nesta chave, os três times jogam também pensando em deixar o rebaixamento para um dos adversários. Confira o que cada clube precisa fazer nas duas rodadas que restam.

Grupo A

1. Costa Rica: Líder com 23 pontos, tem a melhor campanha da competição, porém, joga apenas mais uma vez, contra o Maracaju fora de casa nesta quarta-feira (5). Se vencer, praticamente garante a posição, se não, pode perder a posição para o Cene.

2. Cene: Com 19 pontos, joga mais duas vezes, contra o Misto em casa e Comercial fora. Torce por um tropeço do Costa Rica para ter a chance de terminar como melhor da chave e do campeonato.

3. Novoperário: Terceiro com 14 pontos, luta pela classificação, mas sequer está livre da degola, principalmente por ter oscilado tanto nos últimos jogos. Joga contra os dois times que neste momento estão na zona de rebaixamento, Aquidauanense fora e contra o Maracaju em casa. Se vencer um deles, já está matematicamente garantido na próxima fase e se vencer os dois pode até terminar em segundo se o Cene não conquistar pontos.

4. Comercial: Apesar de estar no G4 com 12 pontos, o Colorado tem, na teoria, a situação mais complicada. Joga apenas mais uma partida, o clássico contra o Cene em casa. Se vencer, afasta a possibilidade de queda e avança se o Misto não vencer os dois jogos que restam.

5. Misto: Com apenas dez pontos, o time de Três Lagoas pensa na classificação, mas neste momento está mais perto da queda. Joga contra o Cene fora e o Maracaju em casa, jogo que deve decidir o destino do clube. Se vencer os dois, está garantido na próxima fase. Se perder um deles, faz conta para não cair.

6. Aquidauanense: Tem nove pontos e dois jogos a cumprir contra adversários diretos contra o rebaixamento e pela classificação. Se vencer o Novoperário em casa e o Misto fora, está classificado. Se perder um deles, a calculadora para saber se cai ou não será usada.

7. Maracaju: Também com nove pontos, está em situação muito parecida com Aquidauanense e, até por isso, torce contra o Azulão. Joga contra o Costa Rica em casa e Misto fora e duas vitórias podem garantir até a classificação. Quaisquer outros resultados, faz conta para não cair.

Grupo B

1. Ubiratan: Apesar da liderança com 21 pontos, o Leão da Fronteira tem apenas uma partida a realizar, contra o Águia Negra em casa, e precisa vencer e torcer contra Naviraiense e o próprio Águia para se manter na ponta, mas pode até terminar em terceiro.

2. Naviraiense: Segundo com 20 pontos, joga contra o rebaixado Urso e contra o Sete de Dourados, os dois jogos fora de casa. Se vence-los, garante a liderança da chave e pode até, se o Costa Rica vacilar, terminar com a melhor campanha da fase. Se bobear, pode terminar até em terceiro.

3. Águia Negra: Tem 19 pontos e pode chegar até 25 se vencer Itaporã em casa e Ubiratan fora. Se fizer isso e o Naviraiense não vencer os jogos que restam, pode ser o primeiro da chave e até da competição.

4. Ivinhema: Quarto colocado com 13 pontos e próximo da classificação que garante se vencer Sete de Dourados em casa na próxima rodada, pode ir para a última, caso perca a partida, brigando também contra o rebaixamento no confronto contra o Itaporã fora de casa.

5. Sete de Dourados: Com 11 pontos, está no limiar entre o rebaixamento e a classificação. Se vencer Ivinhema fora e Naviraiense em casa, avança sem depender de outros resultados. Caso não consiga, torce contra o Itaporã para se manter na Série A.

6. Itaporã: Na zona de rebaixamento com nove pontos, precisa vencer Águia Negra fora e Ivinhema em casa e ainda torcer contra o Sete ou Ivinhema para se segurar. Pode até terminar entre os classificados se conseguir esses resultados, Ivinhema perder ou empatar com o Sete e este perder para o Naviraiense.

7. Urso: Apenas cinco pontos e rebaixamento sacramentado. Apenas cumpre tabela no último jogo contra o Naviraiense em casa.

Gazeta MS