11 de agosto de 2020
Campo Grande 33º 20º

Grêmio volta a vencer, continua no G-4 e complica Vasco no Brasileirão

Depois de passar sete jogos sem vencer e seis sem marcar gols, o Grêmio derrotou o Vasco por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Porto Alegre, e manteve a terceira colocação no Campeonato Brasileiro, agora com 57 pontos. O clube carioca permanece com 37 pontos, cada vez mais ameaçado de rebaixamento para a série B. Ao longo de todo o primeiro tempo, o Vasco manteve pelo menos metade do time na defesa e apostou nos contra-ataques puxados, por Marlone. Pressionado pela série recente de maus resultados, o Grêmio tentou ir para cima, mas mostrou-se afobado, errou passes e não contou com jogadas individuais para furar o bloqueio dos visitantes. Como nenhum dos dois teve outros recursos, o confronto foi equilibrado.

O Grêmio conclui três vezes com algum perigo, em cabeceada de Souza defendida por Alessandro, chute de Barcos desviado para escanteio pela zaga e cobrança de falta, de Alex Telles, que raspou a trave. A produção ofensiva do Vasco foi semelhante. Marlone e Pedro Ken tiveram oportunidades, mas seus chutes foram defendidos por Dida. Já Edmilson mandou uma bola para fora.

A equipe gaúcha conseguiu seu gol no início do segundo tempo. Zé Roberto cruzou para Rhodolfo cabecear no canto de Alessandro. Na tentativa de reverter a desvantagem, o técnico Adilson Batista substituiu o zagueiro Jomar pelo atacante Willie e mudou o esquema, do 3-5-2 para o 4-4-2. Mesmo assim, o time carioca não reagiu e só foi ter duas chances de empatar, ambas desperdiçadas por Pedro Ken. O Grêmio poderia ter ampliado, mas Maxi Rodriguez e Elano mandaram a bola para fora nas oportunidades que tiveram.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 1 X 0 VASCO GRÊMIO - Dida; Pará, Rhodolfo, Bressan e Alex Telles; Souza, Ramiro, Riveros e Zé Roberto (Maxi Rodriguez) ; Kleber (Elano) e Barcos (Werley). Técnico - Renato Gaúcho.

VASCO - Alessandro; Renato Silva, Cris e Jomar (Willie); Fagner, Guiñazu (Sandro Silva), Abuda, Pedro Ken e Wendel; Marlone e Edmilson (André). Técnico - Adilson Batista.

GOLS - Rhodolfo aos 6 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Francisco Carlos do Nascimento (AL).

CARTÕES AMARELOS - Barcos e Pedro Ken.

PÚBLICO - 14.840 (10.863 pagantes).

RENDA - R$ 304.016,00.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre.

Agência Estado