28 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 24º

Neymar é titular, mas são Messi e Dani Alves que marcam para Barça avançar

O Barcelona entrou em campo contra o Manchester City com Neymar como titular, mesmo sob desconfiança após má atuação no último final de semana, O brasileiro foi bem, mas quem marcou para o Barça se classificar foi Messi, além de outro brasileiro, Daniel Alves. O Barça venceu por 2 a 1 e está nas quartas da Liga dos Campeões.

Os gols foram de Messi e Daniel, mas Neymar voltou a ser personagem: mesmo contestado, foi titular do time e jogou bem como companheiro de ataque do argentino. Até criou mais chances que ele no 1° tempo, quando teve um gol anulado. O brasileiro colocou a bola para dentro da meta do City aos 17 minutos de jogo, mas o lance sofreu anulação por impedimento suspeito em toque antes da finalização.

Jordi Alba, que fez o cruzamento, estava em posição legal, mas Iniesta, que estava próximo ao lateral, não. Como a bola foi na direção de ambos, o assistente levantou a bandeira.

O Barcelona podia até perder por um gol, já que havia vencido a partida de ida na Inglaterra por 2 a 0. Será a sétima vez consecutiva que os espanhóis disputarão as quartas de final da Liga, com dois títulos no período.

Já o Manchester City termina sua melhor participação na era moderna da Liga dos Campeões. Em sua terceira participação, foi a primeira vez em que passou da fase de grupos.

O jogo começou com o Barcelona pressionando, mesmo sem a necessidade da vitória. Messi sofreu um pênalti logo aos sete minutos, ao ser derrubado por Lescott, mas o árbitro não marcou a falta. Quatro minutos depois, o argentino chegou a passar pelo goleiro, mas perdeu ângulo e foi desarmado.

Depois dos lances de Messi, foi a vez de Neymar tomar o protagonismo no ataque até o final do 1° tempo. Aos 17 minutos, teve o gol anulado. Aos 38 min., chegou a passar pelo goleiro Hart, perdeu ângulo mas conseguiu bater. Fernandinho, seu possível companheiro de seleção brasileira na Copa do Mundo, tirou de cabeça em cima da linha.

Na segunda etapa, o City até tentou pressionar, colocando Dzeko no lugar de Agüero, que sentiu nova contusão. E foi o bósnio que criou a principal chance do time inglês na partida, aos 6 minutos: em bela cabeçada, ia colocando a bola no ângulo, até que Valdes se esticou e colocou a bola para escanteio. Zabaleta ainda perdeu boa chance, com Valdes batido, chutando torto.

Aí, foi a vez de Messi brilhar. Fábregas tocou para o argentino em profundidade,. Lescott cortaria o lance, mas e atrapalhou com a bola, que passou entre suas pernas. Sobrou para Messi. Mortal: deu seu tradicional toque por cima do goleiro e fez o gol da vitória.

Neymar ser substituído por Alexis Sanchéz, aos 33 minutos. Dessa vez, saiu fortemente aplaudido por todo o estádio.

Kompany diminuiu nos acréscimos, após sobra em escanteio, mas foi Daniel Alves que garantiu a vitória, no último minuto.

O Barcelona só saberá seu adversário nas quartas de final na próxima sexta-feira, em sorteio. Até aqui, PSG, Bayern de Munique e Atlético de Madri são os candidatos.

Portal Uol