25 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 22º

Sete segura Naviraiense no Virotão e sai da zona de rebaixamento

O Sete de Dourados foi ao Estádio Virotão enfrentar o badalado Naviraiense e conseguiu o que muitos não esperavam. Segurou o zero a zero e, com o ponto conquistado, deixou momentaneamente a zona do rebaixamento, ganhando moral para o Derby que abre o returno, no próximo domingo, contra o Ubiratan. Já o CEN, com o resultado, perdeu a oportunidade que voltar a liderar o Grupo B, posição agora ocupada pelo Águia Negra que venceu o até então líder Ubiratan por 1 a 0. No outro jogo da chave, o Ivinhema fez 2 a 1 no Itaporã e jogou o adversário na degola.

 O jogo - Empurrado pelos quase setecentos torcedores presentes, o Naviraiense tentou no início tomar a iniciativa do jogo, mas esbarrava na postura defensiva do Sete, mais consistente com a entrada de Serjão na cabeça de área. Assim, o Jacaré do Conesul chegava com perigo nas bolas paradas com Guilherme Pity. Aos oito minutos, o meia cobrou escanteio e o zagueiro Renan Carioca cabeceou com perigo, à direita de Diego. Aos Sete restava os contra-ataques e um lance assim, aos 24, quase marcou com Kássio, que acertou a trave de Guilherme. A resposta veio cinco minutos depois em nova bola parada com Pity. Renan, em posição duvidosa, resvalou de cabeça e a bola carimbou a trave esquerda após desvio providencial de Diego.

Aos 31, o Naviraiense até chegou a marcar com Rafael Tufo, mas o meia estava impedido na hora do passe de Elsinho. Restou ao Naviraiense então os chutes de fora da área, mas Diego, sempre bem colocado defendia sem problemas, garantindo o placar em branco.

Na volta do intervalo, tanto Válter Ferreira quando Cláudio Roberto mexeram no time. No Naviraiense, Uélison Santana, que começou no banco, entrou no lugar do lateral Gilson, enquanto no Sete, o lateral Cí, outro estreante, ocupou a vaga de Kássio. No primeiro lance de perigo do segundo tempo, aos sete minutos, Pity aproveitou sobra da zaga em cobrança de escanteio e bateu para o gol. Thiaguinho, livre, desviou para o gol, mas o auxiliar Lucas Ferreira de Oliveira apontou posição irregular do atacante.

À partir daí brilhou a estrela do goleiro Diego. Aos 23, em jogada rápida de contra-ataque, Thiaguinho avançou pela direita e bateu no canto, mas o goleiro do Sete conseguiu desviar. Aos 31, a defesa mais bonita. Pablo, que havia acabado de entrar no lugar de Paulo Sérgio, avançou pelo meio dos marcadores e entrou livre na área. Na conclusão, tentou tocar no contra-pé de Diego, que fechou o ângulo, evitando o gol.

Percebendo a inoperância do ataque adversário, o Sete ainda tentou algumas jogadas ofensivas, mas sentiu falta de um atacante para concluir os lances criados e ainda reclamou de pênaltis em dois lances que, na interpretação do árbitro Marcos Matheus Pereira, foram normais. No final, decepção da torcida local que viu o time perder mais uma oportunidade de ser líder e festa dos poucos torcedores do Sete, que aplaudiram o time.

No próximo domingo, às 15h, os dois times jogam já pelo returno da primeira fase do Campeonato Estadual. No Estádio Virotão, o Naviraiense recebe o Ivinhema, seu principal adversário. Já no Estádio Douradão, o Sete tem o derby local contra o Ubiratan, com transmissão ao vivo pela TV para todo o Estado.

Gazeta MS