29 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 19º

Weidman machuca joelho e UFC remarca luta contra Lyoto

O UFC anunciou nesta segunda-feira que o duelo entre Chris Weidman e Lyoto Machida será adiado do dia 24 de maio para o dia 5 de julho devido a uma lesão no joelho sofrida pelo norte-americano. Weidman terá que passar por uma cirurgia para se recuperar da lesão.

O evento UFC 173 não mudará de data e deve receber uma nova luta principal nos próximos dias. Esta será a segunda mudança na última luta do evento, já que, inicialmente, o duelo seria entre Chris Weidman e Vitor Belfort. O brasileiro teve que deixar a luta pela mudança nas regras do UFC que agora proíbem o uso de TRT (tratamento de reposição de testosterona).

O motivo da lesão de Weidman não foi divulgado pelo UFC.

A luta entre Chris Weidman e Lyoto Machida vale o cinturão dos médios, que pertence ao norte-americano desde a vitória sobre Anderson Silva em 6 de julho de 2013.

No último dia 27 de fevereiro, a Comissão Atlética de Nevada - mais respeitada do mundo e que regulariza o MMA em Las Vegas, palco do UFC 173 - anunciou a proibição total do TRT, tratamento de reposição de testosterona usado por diversos lutadores, entre eles Belfort. O UFC acatou a regra para todos os seus eventos, mesmo fora do estado de Nevada.

Portal Uol