22 de outubro de 2020
Campo Grande 33º 22º

PESQUISA

Acidentes de trânsito deixam 5.707 crianças com sequelas em 2020; 198 são de MS

Motocicletas foram responsáveis por quase 60% dos acidentes envolvendo crianças e adolescentes

As crianças e os adolescentes têm sido vítimas constantes de acidentes no trânsito em Mato Grosso do Sul. De janeiro a agosto de 2020 ocorreram 353 acidentes com vítimas graves, destes, 198 foram crianças, que foram indenizadas por sequelas permanente. O levantamento divulgado nesta 6ª-feira (9.out.2020) pela Seguradora Líder aponta que 73% das indenizações pagas pelo DPVAT em 2020 no Brasil foram para vítimas na faixa etária de 0 a 17 anos.   

Dados do Seguro DPVAT mostram que, de janeiro a agosto de 2020, mais de 7,7 mil acidentados nesta faixa etária foram indenizados no país e, desse total, 73% (5.707) ficaram com sequelas permanentes após a ocorrência e foram indenizados pela cobertura de invalidez.

A frente das ocorrências com menores de idade estão as motocicletas, que representam 57%, totalizando 4.485 sinistros pagos. Os automóveis aparecem em seguida, com 2.631 indenizações. Já os caminhões e pick-ups foram responsáveis por 453 ocorrências indenizadas, enquanto ônibus, micro-ônibus e vans registraram 194 pagamentos, e os ciclomotores responderam por 36 sinistros.

A maioria dos acidentes em MS acontecem aos sábados e domingos. 

Neste ano, os estados com os cenários mais preocupantes em termos de acidentes envolvendo menores de idade são: Minas Gerais, que lidera o ranking com 881 indenizações pagas; São Paulo, com 786 registros; e Ceará, em terceiro lugar com 550 sinistros; Já Amapá, Acre e Distrito Federal, foram as unidades federativas que registraram os menores índices, com 16, 30 e 51 ocorrências, respectivamente.

Recentemente, a Seguradora Líder disponibilizou para consulta pública os dados estatísticos do Seguro DPVAT. No painel, é possível encontrar a quantidade de acidentes registrados no Brasil e fazer cruzamentos por categoria, coberturas e por faixa etária. A página pode ser acessada AQUI.