05 de maro de 2021
Campo Grande 28º 21º

Sesau e UFMS

Acordo que implanta Núcleo de Evidência Ciência é firmado entre Sesau e UFMS

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) formalizaram o acordo de cooperação técnica para implantação do Núcleo de Evidência (NEv) em Saúde. A assinatura do documento aconteceu nesta segunda-feira (17) na Reitoria da instituição de ensino.

Participaram do ato o secretário de Saúde José Mauro Filho e o reitor da UFMS Marcelo Augusto Turine, além de técnicos, professores e da coordenadora do NEv, Anamaria Mello Miranda Paniago. O acordo prevê cinco anos de duração do convênio, podendo ser prorrogado pelo igual período.

Participaram do evento técnicos, coordenadores e professores envolvidos no NEv.

Participaram do evento técnicos, coordenadores e professores envolvidos no NEv.

O objetivo do NEv é promover e facilitar o uso de evidências científicas para informar o gestor de políticas públicas de saúde no processo de tomada de decisão. As atividades básicas do NEv consistem na produção de estudos primários (revisões sistemáticas), overviews, scoping reviews; revisões rápidas, avaliações econômicas; produção de sínteses de evidências; preparação de diálogos deliberativos; elaboração de produtos de tradução científica; promover a divulgação científica; e desempenhar outras atividades da área de atuação.

No Município de Campo Grande, o NEv foi criado pela Lei n. 6.201 e é o primeiro do Estado de Mato Grosso do Sul e um dos poucos existentes no país.

Segundo o secretário José Mauro Filho, o NEv “vai facilitar até mesmo o poder judiciário na tomada de decisão, pois as defesas serão pautadas em evidências científicas, podendo assim contribuir com a redução de recursos financeiros bloqueados e sequestrados na esfera judicial”.

O reitor da UFMS, Marcelo Turine, destacou que o “Núcleo é uma conquista para a Universidade, que tem sofrido ataques diários e que agora vai mostrar, mais uma vez, a importância da evidência científica para a sociedade”.

A Sesau pretende ainda firmar convênio com as Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, para em parceria colaborativa, atender cada uma das instituições.

Além das instituições do Estado, o NEv pode celebrar parcerias com organismos internacionais, como a Organização Mundial de Saúde (OMS), Organização Pan-Americana de Saúde para as Américas (OPAS), além de empresas e entidades privadas.

Segundo a Rede para Políticas Informadas por Evidência (EVIPnet) do Ministério da Saúde, o NEv de Campo Grande é o 13º criado em todo o país e que agora passa a integrar a estrutura nacional de desenvolvimento de evidências científicas.