22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

OUTRO LADO

Acusado de traição em hospital, Bombeiro recebe alta e revela que ex sabia: "sentia nojo de mim"

Bombeiro aposentado estava internado tratando a Covid-19, quando em 31 de março, durante tratamento, foi pivô de acusações; ele dá sua versão da história dizendo que nova namorada não é amante

A- A+

Conhecido em todo Brasil, Escobar Ifran, de 52 anos, usou hoje (12. abril) sua rede social para rebater a acusação da ex-esposa de que ela teria descoberto no hospital da Cassems em 31 de março, relacionamento de Escobar com uma 'amante'. O bombeiro aposentado, estava internado tratando a Covid-19

“Queridos amigos, quero contar a todos vocês a minha versão dos fatos já que faz pouco tempo que saí do hospital e fiquei ciente de tudo o que estava acontecendo. Quero primeiramente esclarecer que estou em processo de separação judicial. Eu e minha ex já não vivemos mais como marido e mulher há mais de dois anos, exatamente no período em que trouxe minha mãe para morar comigo porque estava debilitada e precisava de assistência. Na época, eu queria levar minha mãe para morar em nossa casa e ela não aceitou, então tive que me mudar para outra casa, uma bem menor e menos confortável para ter condições de estar perto e poder ajudá-la. Minha mãe tem 83 anos de idade e possui vários problemas de saúde, como mal de Alzheimer, mal de Parkinson e diabetes. Na mesma época, minha ex-mulher disse que não queria mais ficar comigo, que sentia nojo de mim e que era pra eu procurar outra mulher”, introduziu em post feito às 18h23 desta segunda-feira. 

De acordo com o militar aposentado, após o aviso da esposa de que queria separação, ele então começou a nutrir sentimentos por outra mulher. “(minha atual namorada) que já era uma conhecida nossa de quando íamos antigamente para festas no clube. Ela só aceitou ser minha namorada porque tinha conhecimento que eu estava em processo de separação, e mesmo assim nos relacionamos de maneira muito discreta”, explicou. 

Ainda segundo revelou Escobar, a atual namorada o levou a fazer testes de Saúde, momento em que foi diagnosticado com câncer. “Um câncer antigo que estava crescendo já há muitos anos. Mesmo sabendo que logo eu iria fazer uma cirurgia e tratamento do câncer e mesmo eu pedindo para ela terminar o namoro (eu só quis terminar porque não queria ser um fardo para ela; não queria prejudicar a vida dela), ela não desistiu de mim. Em nenhum momento ela desistiu de mim ou deixou de me cuidar”, assentou. 

Depois do período, Escobar teria avisado a ex sobre a doença. Diante disso, a mulher de 48 anos chegou a enviar uma mensagem em 17 março para ele pedindo desculpas “por todo mal” que ela teria feito. “Me desculpa por tudo o que eu fiz de mal para você, me perdoa. Muito obrigada pelos momentos felizes que tivemos. De todo coração. Porque Deus é maior e você irá fazer as suas viagens com a [nome da namorada] se Deus quiser. Bora pra cima, isso não é nada porque é Deus que manda”, transcreveu, preservando o nome da atual namorada.

ESTÁ PERDIDO? RELEMBRE O CASO - Bombeiro intubado com Covid-19 no hospital é visitado pela amante e esposa flagra

Conforme o militar, a situação acima esclarece que a ex-esposa sabia do novo relacionamento. “Recebi esta mensagem no dia 17 de março, confirmando que a minha ex-mulher sabia tudo, inclusive sobre a minha namorada. No final do mesmo mês, adoeci novamente”, argumentou. 

Segundo relatou Escobar, ele deu entrada no hospital em 28 de março, diagnosticado com Covid-19 e, ao saber que teria que ser internado por conta da gravidade da situação, chamou a atual namorada. “Chamei minha namorada para ficar como minha responsável no hospital, durante esse período. A mesma recusou o meu pedido e disse que chamaria uma das filhas para ser a responsável e receber todos os pertences (ela conhecia todas as minhas filhas e mantinha contato com as duas mais velhas). Nisso chegou a minha ex-mulher e quis assumir como responsável, e eu disse que quem assumiria seria a minha namorada, porque não estávamos mais juntos”. 

No restante da mensagem em que dá sua versão dos fatos, Escobar explica que durante o período que passou internado, foi a atual namorada que ajudou sua mãe e inclusive, a atual namorada usou dinheiro particular para auxiliar familiares de Escobar no momento em que os seus pertences estavam em posse da filha. “E comprando tudo isso com o dinheiro dela e não aceitando o ressarcimento pelos gastos, já que os meus pertences, incluindo os cartões de crédito, ficaram com a minha filha, que também não tinha a senha deles”, destacou. 

O bombeiro aposentado tomou conhecimento da repercussão da história que veio à tona após a ex-esposa ir à polícia e em 31 de março e registrar um boletim de ocorrência acusando a atual companheira do militar de ser uma amante. Além disso, a ex acusou a atual de ter se empossado dos documentos de Escobar, incluindo cartões bancários e o celular, enquanto ele estava internado com covid-19. O militar negou todas as acusações da ex-esposa e pediu igual espaço de resposta. “O que eu realmente quero dizer é que apesar de terem sido divulgadas reportagens sobre o assunto em vários estados do Brasil, estas estão incompletas e não condizem com a real situação. Eu só estou aqui hoje, expondo minha vida pessoal, porque quero que todos vocês entendam que essa pessoa não é minha amante e sim MINHA NAMORADA. Ela conseguiu reunir toda a minha família, participando de vários grupos de orações para que eu melhorasse logo. Pela graça de Deus, mesmo com câncer, com o Covid 19, ficando entubado em coma induzido por 8 dias e permanecendo internado durante 14 dias, eu posso dizer: EU VENCI! Porque sei que eu tenho um propósito: continuar cuidando da minha mãe e da minha família”, disse. 

Em complemento a sua versão, Escobar se declarou para a atual namorada. “Meu AMOR, você é realmente a pessoa que eu pedi a Deus. Você gosta de mim do jeito que eu sou e entende que eu preciso cuidar da minha mãe. Você é muito abençoada, uma pessoa especial, um verdadeiro anjo na minha vida. Quero agradecer de coração tudo o que você fez por mim em um momento tão delicado. Vou continuar minha batalha no tratamento do câncer, e não sei se você vai querer continuar comigo depois de tudo o que aconteceu. De qualquer forma, já não tenho palavras suficientes para te agradecer e dizer o quanto você é importante para mim. No que você precisar, eu vou estar do seu lado”, finalizou.