24 de fevereiro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Detran

Agências do Detran fecham uma hora mais cedo nesta quinta-feira

Último dia para pagamento do IPVA geram movimento intenso

Por conta desta quinta-feira (31) ser o último dia para o pagamento da parcela única ou da primeira parcela do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e do seguro obrigatório Dpvat, as agências do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran/MS) terão atendimento reduzido em uma hora hoje, em Campo Grande.

Conforme o Detran, muita gente deixa para pagar no último dia, o que acaba gerando grande movimento nos locais de atendimento.

Desta forma, o atendimento, que geralmente é das 10h às 22h, será encerrado às 21h nas agências dos shoppings Campo Grande e Bosque dos Ipês.

Segundo a gerente regional do Detran, Loretta Figueiredo, a intenção com o fechamento neste horário é atender todos os clientes dentro das agências em tempo hábil.

Ainda segundo o Detran, o último dia para pagamento está gerando grande quantidade de consultas, causando congestionamento da rede e, consequentemente, lentidão nos serviços de Webservice, como exames médicos, consultas no site e aplicativo e vistoria nas empresas credenciadas em vistoria de veículos.

IPVA E DPVAT

A alíquota do IPVA em Mato Grosso do Sul é de 5% sobre o valor venal do veículo. até 31 de janeiro, o imposto deve ser pago em parcela única, com desconto de 15%, ou em até cinco parcelas, sem desconto, hipótese em que o pagamento da primeira parcela do imposto deve ocorrer na referida data e as demais parcelas nas datas de vencimento estabelecidas nas respectivas guias de recolhimento constantes das notificações.

Já o Dpvat deve ser pago em cota única e tem como data de vencimento a mesma da parcela única para pagamento do IPVA, 31 de janeiro. 

?Em Mato Grosso do Sul, o seguro varia de R$ 16,21 a R$ 84,58. Os donos de automóveis e caminhonetes pagam o menor valor, enquanto para motocicletas, motonetas e similares, o custo é mais caro. Ciclomotores pagam R$ 19,65. Para ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete R$ 37,90. No caso de micro-ônibus com cobrança de frete, mas com lotação não superior a 10 passageiros e ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete o valor é de R$ 25,08. Caminhões, caminhonetes tipo pick-up de até 1.500 kg de carga, máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral (quando licenciados) e outros veículos, o custo é de R$ 16,77.

A guia de pagamento deste ano deve ser emitida e quitada em separado, no site da seguradora Líder. O motorista que não pagar o seguro na data de vencimento não arcará com juros e mora pelo atraso. No entanto, perde o direito a indenização, caso seja vítima de acidente de trânsito. Os demais envolvidos permanecem cobertos. Se o proprietário efetuar o pagamento e eventualmente for vítima de acidente após o pagamento, ele tem direito a solicitar o seguro, mesmo que tenha efetuado o pagamento com atraso.