06 de maio de 2021
Campo Grande 25º 16º

2ª FEXPOSUL

Alunos ocupam calçadas para realização de Feira e exposição sobre MS

Pesquisas estimulam alunos a conhecerem as histórias da formação dos municípios

A- A+

Os alunos do terceiro do ensino médio da Escola Estadual Joaquim Murtinho, de Campo Grande, realizaram a 2ª Feira de Exposição sobre os Municípios de Mato Grosso do Sul (FEXPOSUL), na segunda-feira (17), durante o dia na calçada em frente à escola, na Avenida Afonso Pena. 

Foi através de pesquisas, elaboração de maquetes, cartazes, objetos de exposição e produção de receitas de alimentos típicos nas barracas que ocuparam toda a calçada em frente à escola.

Alguns dos pratos típicos apresentados como a saltenha de Corumbá, chipa e sopa Paraguai típicas da cidade vizinha a Ponta Porã, o Quibebe de mandioca, os produtos da bocaiuva de Aquidauana, a tradicional rapadura com mamão e amendoim produzidos em Furnas do Dionizio e a Paella pantaneira da cidade de Jaraguari.

Todos materiais levados para exposição foram emprestados por pessoas que tem os objetos como recordação ou decoração. Os alunos dedicaram muita energia e folego ao explicarem para as pessoas que chegavam nas barracas e recebiam os relatos através de boas conversas.


Alunos representando Três Lagoas. Foto: Oscar Martinez 

Todos os terceiros anos de todos os turnos escolheram cidades do estado e fizeram uma pesquisa sobre a elas e mostrando sobre a espaço geográfico, a história de criação dos municípios pesquisados, a cultura e aspectos diferentes de outros lugares, as manifestações religiosas, danças, Turismo contemplativo, a natureza pantaneira, turismo de pesquisa,  e a grande variedade de produção gastronômica, as influências dos países vizinhos como a Bolívia, Paraguai e até as regiões de moradias indígenas e assentamentos de Quilombolas.

Alunos representam o município de Sonora. Foto: Oscar Martinez 

Os fatos históricos, a formação de cada cidade e as características regionais foram bastante enfatizadas assim como as referências arquitetônicas nas maquetes e fotos expostas, esses sim foram bem estudados para as avaliações nas provas do Exame nacional de ensino médio o ENEM.


Comidas típicas. Foto: Oscar Martinez 

Neste segundo ano de pesquisas, organização para a realização da feira, foram coordenados pelo Professor de Arte Orion Dias e a professora de Geografia Ana Flavia. Com apoio de todo corpo pedagógico e do diretor Claudio Morinigo Ribeiro.


A Escola Joaquim Murtinho situada na Avenida Afonso Pena foi fundada em 1922 – completa 97 anos em 2019, é tradicional nas suas atividades extracurriculares e conta com quase dois mil estudantes matriculados no Ensino Médio.