22 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Polícia Civil

Amor bandido: casal resolve 'tocar o terror' e acaba preso pela Polícia Civil

Dupla foi presa após roubar uma residência; casal já é conhecido da polícia por atuar também no tráfico de drogas na cidade

Mesmo com a eficiência do serviço prestado pela Polícia Civil de Dois Irmãos do Buriti, colocando a bandidagem em seu devido lugar e trazendo sensação de segurança para a população, ainda tem criminosos que insistem em afrontar a segurança pública. Na madrugada desta terça-feira (20), um casal foi preso por equipe policial, após ter entrado armado em uma residência e rendido os moradores com violência e sob ameaças, agredindo ainda uma das moradoras, menor de idade.

A Polícia Civil foi acionada e através das informações repassadas pelas vítimas, constatou que os dois envolvidos atuavam no tráfico de drogas na cidade. A afronta dos bandidos é tamanha que, foram encontrados “numa boa” na residência, que é uma conhecida boca de fumo, chamada de “Boca do Adriano”, o que mostra que eles tem a certeza da impunidade.

Foram presos em flagrante, Mayra Christina Martins dos Santos, Adriano Alves Lima e o filho do casal, que não participou do assalto, mas ajudava a vender os entorpecentes. A delegada titular Nely Macedo conversou com a reportagem do JNE e contou que, além de apreender a arma de fogo utilizada no assalto e recuperar os objetos subtraídos, a equipe flagrou os petrechos para a venda de drogas.

“Como havia no local uma balança de precisão e vestígios de embalagens para venda de drogas, nós iniciamos uma busca pela casa e encontramos enterrado no fundo do quintal, uma quantia significativa de pasta base, umas já embaladas para venda, em porções individuais e outra porção maior”, relatou.

Durante a operação, os policiais perceberam que uma quarta pessoa que estava na residência, pulou o muro ao ver a equipe, mas os investigadores conseguiram capturá-lo e durante checagem no sistema de segurança, foi verificado que o Rômulo da Silva Gomes possuía um mandado de prisão em aberto, já que estava foragido do sistema semi-aberto, ele utilizava tornozeleira eletrônica e para driblar a Justiça, conseguiu retirar e se livrar do equipamento.

O casal foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação criminosa, o filho irá responder pelo tráfico e Rômulo irá voltar para o presídio. O quarteto junto com os objetos e entorpecentes apreendidos foi encaminhado para a Delegacia de Dois Irmãos do Buriti.