25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

PANDEMIA

Apesar do decreto, ônibus em Campo Grande devem circular normalmente

Diretor-presidente da empresa explicou que os ônibus continuarão atendendo os trabalhadores que saem tarde do serviço e precisam retornar para suas casas

Apesar de decreto do prefeito Marquinhos Trad, estabelecer que a partir desta 4ª-feira (8.julho) o toque de recolher em Campo Grande passa a ser a partir das 20h, devido ao crescimento de infectados e mortes no estado pela Covis-19, doença provocada pelo novo coronavírus, os ônibus circulares devem continuar funcionando normalmente.  A reportagem é do G1 MS. 

O presidente da empresa responsável pelo transporte coletivo na cidade, Consórcio Guaicurus, João Rezende, disse que apesar da mudança a programação do transporte coletivo da cidade seguirá a mesma. O diretor-presidente da empresa explicou que os ônibus continuarão atendendo os trabalhadores que saem tarde do serviço e precisam retornar para suas casas. A medida que reduz o horário de circulação da população nas ruas é válida até 19 de julho. “Doze dias de sacrifício pelo bem de todos”, argumentou o prefeito Marquinhos Trad, durante live na sua rede social nesta 4ª-feira. 

Rezende disse, porém, que os primeiros dias da mudança precisam ser bem observados para que as futuras decisões não levem a um desperdício na oferta de linhas, mas também para que não haja uma retirada de ônibus a ponto de prejudicar os usuários.

A publicação da Prefeitura, que trata da nova regulamentação do toque de recolher, esclarece que o novo horário é para confinamento domiciliar, mas não se aplica a mercados, postos de combustíveis, farmácias e serviços de saúde, serviços de delivery, de coleta de resíduos e ações destinadas ao enfrentamento da Covid-19.

NA PUBLICAÇÃO ORIGINAL  DO G1 MS- VEJA OS HORÁRIOS CONFIRMADOS PELO CONSÓRCIO