19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Obra

Após 12 anos de espera, Centro Esportivo será entregue por Azambuja

Depois de 12 anos do lançamento (2004), diversas paralisações e várias tentativas frustadas de recomeço, o Centro de Esportes, Cultura e Lazer do Jardim Canadá, região da Vila Almeida, em Campo Grande, será entregue à população da Capital pelo governador Reinaldo Azambuja.

O canteiro de obras foi afundado no esquecimento por muitos anos e só começou a respirar ares de finalização em abril deste ano, após negociação da atual gestão com o Governo Federal. Orçada em R$ 1,8 milhão, sendo R$ 856 mil de recursos estaduais, a construção será inaugurada em abril do ano que vem.

Localizado na Avenida Engenheiro Amélio de Carvalho Baís, o centro esportivo será área de lazer para a população dos bairros vizinhos e de treinamento para atletas e paratletas.  Dos 13 mil m², quatro mil são de área construída, com acessibilidade total.

O complexo abrigará duas quadras polivalentes, para prática de futsal, handebol, basquetebol e voleibol, além de bloco administrativo, com sala administrativa, sala de atendimento lúdico, depósito, sanitário público, palco, camarim, armários, vestiários, lanchonete, depósito de material de limpeza  e 78 vagas de estacionamento.

Segundo o engenheiro responsável pela construção, André Luiz Corrêa, a obra já está 60% concluída. “Nós pegamos 10% pronta, só tinha os pilares e o teto, nada mais”, pontuou ele. De cerca de 90  dias para cá, época em que os trabalhos foram retomados, muita coisa já foi feita: escavação, aterro, muros, grades, reboco e quadras. Atualmente, o canteiro conta com nove trabalhadores.

Apesar do pequeno número de funcionários, o engenheiro acredita que a conclusão do empreendimento poderá ser feita antes da data prevista. “Está na fase final”, garantiu. “Instalação elétrica, gramado, calçadas e por último acabamentos, como pintura”. Animado com a finalização do Centro, André Luiz analisa o pensamento da vizinhança: “muitos passam por aqui no final do dia, entram e olham. Fico pensando na dor deles de ter perto de casa uma construção dessa magnitude parada por muito tempo”, disse.

A expectativa é que o complexo esportivo, cultural e de lazer beneficie diretamente moradores do Jardim Canadá, Vila Almeida, Coophatrabalho, Santo Amaro, Vila Sobrinho, José Abrão e proximidades.

Morador do bairro há mais de 30 anos, o aposentado Manoel Menino dos Santos, 82 anos, vive em uma casa na esquina do Centro de Esportes, Cultura e Lazer. “[A construção] era cheia de mato e muito feia, com animais peçonhentos”, comentou ele. “Agora vejo que tá limpo e vai começar a funcionar”, falou entusiasmado.

Outro vizinho da construção, Luiz Carlos Alves, 40, tem motivo maior para comemorar a entrega do Centro de Esportes. “Tenho um filho e penso que vai ser bom para ele ter essa opção perto de casa, e também vai servir como lazer para os idosos que estão muito ativos hoje em dia”, explicou.