21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

Casamento Comunitário

Após 41 anos de união, casal oficializa matrimônio

A- A+

O Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é um dos mais procurados de Campo Grande para receber o sacramento do matrimônio e neste ano, o Santuário realizará mais uma vez o “Casamento Comunitário”, que busca oferecer esse serviço à população.

O Casamento Comunitário acontecerá no próximo sábado, dia 6 de agosto (sábado), às 20h30 e fará parte das atividades que marcarão os 75 anos do Santuário. Neste ano, 40 casais receberão o sacramento juntos, em uma só cerimônia.

Rosaldo Barborsa Lins e Selma Lins vivem como um casal há 41 anos e nesse tempo tiveram dois filhos e formaram uma bela família. Na época fizeram o casamento apenas no civil. Agora, após décadas juntos, vão oficializar a união no religioso. "Sempre fomos católicos e sentíamos essa necessidade de receber o sacramento do matrimônio. Depois de sábado será um novo casamento", garante o "noivo" de 70 anos de idade.

Os noivos participaram de quatro encontros com palestras sobre a importância do sacramento do matrimônio. O último foi realizado nesse sábado, 30 de julho. Os noivos receberam os sacramentos que ainda  não possuíam, como Batismo, 1ª Eucaristia e Crisma.

“Esse é um serviço que a igreja coloca à disposição dos casais, que buscam o sacramento do matrimônio. Esse momento proporciona aos casais a vivência desse sacramento.O Casamento Comunitário é um serviço que vai de encontro as necessidades dos fiéis”, comenta o coordenador da Legitimação Matrimonial, Benedito Villarino.

Desde 2011 o Santuário realiza o Casamento Comunitário e mais de 300 casais já receberam o sacramento. A legitimação matrimonial acontece duas vezes ao ano. Outra cerimônia será em dezembro.

História

A igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Campo Grande, completa 75 anos neste mês de agosto. Construída no bairro Amambaí, a inauguração aconteceu no dia 3 de agosto de 1941. Mas a paróquia teve início dois anos antes, em 1939, fundada pelo então Bispo de Corumbá, Dom Vicente Priante, ficando sob os cuidados da Congregação do Santíssimo Redentor dos Missionários Redentoristas.

Os projetos originais da Igreja e da residência dos redentoristas nasceram juntos. Ambos são datados de 9 de novembro de 1939 e possuem Joaquim Teodoro de Faria como responsável técnico, que até mesmo foi nomeado prefeito de Campo Grande na década de 40, segundo o documento do processo de tombamento do Santuário como patrimônio histórico e cultural do município. Mas a construção da igreja teve início em 1940, conforme a data entalhada na Pedra Fundamental da Igreja, localizada a esquerda de quem entra no Santuário.

A arquitetura impressiona muitos devotos. É considerada uma das mais belas igrejas do Estado e os estudos arquitetônicos mostram que foi inspirada na  Basílica de Santo Apolinário em Classe, localizada em Ravena (Itália).

De acordo com o arquiteto Rubens da Costa Marques, estudioso e pesquisador, o Santuário possui influência das primeiras construções cristãs. "A igreja possui características de uma fase de transição do ecletismo para o historicismo, que buscava reviver a arquitetura do passado", conta.

A cor avermelhada da igreja é originária do material da Cidade Morena empregado na alvenaria. O brilho presente na edificação é devido a utilização de pó de mica, um dos três componentes do granito.

Naquele tempo, Campo Grande começava a se desenvolver ainda no Estado de Mato Grosso (Uno). Localizada a direita do córrego Segredo e próxima a linha ferroviária que por muito tempo esteve em atividade, a  igreja foi construída em meio ao conjunto militar.

Por isso é possível afirmar que o Santuário foi fundamental para o desenvolvimento do então pujante bairro Amambaí. "Com certeza a igreja influenciou no urbanismo e ocupação territorial da região. A Avenida Afonso Pena ainda não possuía o prolongamento até a região. As ruas principais era em torno a Cabeça de Boi. A construção do Santuário foi fator importante no arruamento da região", garante o arquiteto Rubens Marques.

No dia 10 de janeiro de 1999, o então Arcebispo de Campo Grande, Dom Vitorio Pavanello, publicou o decreto de elevação da Igreja a Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, motivado pelas tradicionais novenas que acontecem todas as quartas-feiras.

O Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro ainda contribuiu para o surgimento de novas paróquias, como a Cristo Luz dos Povos (26/03/1967), Nossa Senhora Auxiliadora (30/05/1971), Nossa Senhora da Conceição Aparecida (08/12/1982), Cristo Bom Pastor (01/12/2000) e Santo Afonso Maria de Ligório (12/02/2011).

Atualmente, o Santuário de Campo Grande é o que mais realiza novenas em todo o mundo, com 18 novenas, de hora em hora, a partir das 6h até às 23h, que reúne em média cerca de 25 mil pessoas.

Comemoração

Para comemorar os 75 anos da Igreja, o Santuário realizará uma série de atividades. Serão sete dias de Festa com agenda religiosa e social.

Terá o casamento comunitário de 40 casais que será realizado no dia 6 de agosto, às 20h30, o tradicional bolo gigante. Mas neste ano, a torta terá a forma dos 75 anos, ao invés do comprimento.

Ainda serão homenageadas 75 pessoas que completam 75 anos neste ano, como forma de relembrar a inauguração da igreja.

Confira a programação completa

 

DIA 02.08 (Terça-feira): Santuário, lugar de viver a vocação!

 

19h        Missa Vocacional

 

                Todas as pastorais, movimentos e serviços do santuário

 

                Celebração dos 13 anos de sacerdócio do Pe. Dirson, CSsR

 

20h        Festa da partilha no CAD

 

 

 

DIA 03.08 (Quarta-feira): Santuário, lugar da devoção à Maria!

 

Novenas: das 6h às 23h

 

 

 

DIA 04.08 (Quinta-feira): Santuário, lugar da devoção ao Santíssimo!

 

09h        Missa e Bênção do Santíssimo

 

12h        Missa e Bênção do Santíssimo

 

15h        Missa e Bênção do Santíssimo

 

19h        Missa e Bênção do Santíssimo

 

 

 

DIA 05.08 (Sexta-feira): Santuário, lugar da misericórdia!

 

15h        Terço da Misericórdia e bênçãos dos objetos de devoção

 

19h        Missa da Misericórdia (Porta Santa)

 

23h        Missa da Misericórdia

 

 

 

DIA 06.08 (Sábado): Santuário, lugar de viver o amor!

 

12h        Acolhida peregrinos de Londrina/PR (Mil Ave Marias)

 

19h        Missa pelos colaboradores e voluntários

 

20h        Casamento Comunitário (Legitimação Matrimonial)

 

 

 

DIA 07.08 (Domingo): Santuário, lugar de oração, solo sagrado, casa de irmãos!

 

07h        Missa

 

10h        Missa das crianças

 

16h        Missa do Jubileu

 

17h        Partilha do bolo de aniversário no CAD

 

18h30    Missa

 

20h00    Missa