20 de junho de 2021
Campo Grande 25º 13º

"Contra a parede"

Após pressão Petrobras anuncia que abaixa amanhã valor de combustível

"Entre os dias 1º e 22, a gasolina subiu R$ 0,28, passando de R$ 1,8072 para R$ 2,0867"

A- A+

Pressionada pelos caminhoneiros, que trancaram rodovias em 20 estados e no Distrito Federal, a Petrobras divulgou a redução dos valores dos combustíveis em suas refinarias, que passará a valer amanhã, quarta-feira (23).

Hoje, terça-feira (22), o valor do litro do diesel é de R$ 2,3716 e será reduzido para R$ 2,3351 (-1,5%). A gasolina passará de R$ 2,0867 para R$ 2,0433 (-2,0%).

Antes da redução, em apenas 22 dias [entre 1º e 22 de maio], a Petrobras reajustou o preço dos combustíveis, em suas refinarias, em quase R$ 0,30. A ação não passou despercebida da população, especialmente, dos caminhoneiros, que fazem manifestações trancando rodovias por todo o Brasil.

Entre os dias 1º e 22, a gasolina subiu R$ 0,28, passando de R$ 1,8072 para R$ 2,0867 (+15%) e o diesel subiu R$ 0,27 de R$ 2,0877 para R$ 2,3716 (+13%).

Nesta terça-feira (22), os ministros Eduardo Guardia (Fazenda) e Moreira Franco (Minas e Energia) e o presidente da Petrobras, Pedro Parente, se reúnem para discutir a alta da gasolina e do diesel.

Na segunda-feira (21), caminhoneiros pararam o trânsito em rodovias de 20 estados e no DF contra a escalada de aumentos dos combustíveis. Nesta terça-feira, estão programados novos protestos e os motoristas de Mato Grosso do Sul já confirmaram que vão parar o tráfego em rodovias do Estado.