19 de junho de 2021
Campo Grande 27º 14º

Banco Central decide hoje aumento da taxa Selic

A- A+

O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central define nesta quarta-feira (29) a Selic, a taxa básica de juros.

O mercado espera alta para 13,25%, o que representa 0,5 ponto percentual acima dos atuais 12,75%.

Essa estimativa está no Boletim Focus, uma publicação do BC que organiza as projeções das principais instituições financeiras do país.

A agência de notícias Reuters também ouviu 48 economistas. Destes, 42 preveem que o Copom subirá a Selic em 0,5 ponto percentual.

Juros e inflação

O novo governo de Dilma Rousseff (PT) vem adotando medidas impopulares, como aumento de impostos e juros, e cortes de despesas, com o objetivo de acertar as contas federais.

Uma das maiores críticas a Dilma tem sido a economia, incluindo a inflação em alta. Os juros são usados, entre outras coisas, para tentar controlar a inflação. O governo tenta ajustar suas contas para recuperar a confiança do mercado.

A Selic é uma taxa de referência e remunera investimentos com títulos públicos, por exemplo. Não representa os juros cobrados dos consumidores, que são muito mais altos.