01 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 19º

Barragem rompe em Caarapó e balneário fica vazio

A- A+

Assim como em todo o Estado, Caarapó tem sofrido com as chuvas fortes, há 30 dias que chove constantemente na cidade causando estragos. Neste domingo (6), a força da chuva fez com que rompesse uma barragem causando o esvaziamento do balneário Ayrton Senna da Silva, cartão postal da cidade.

O rompimento causou a morte de muitos animais e de centenas de peixes, mas ninguém ficou ferido. O acidente aconteceu por volta das 09h30 os salva vidas e funcionários ouviram o barulho e correram e acionaram o corpo de bombeiros e Polícia Militar, que isolaram a área.

Segundo o site Caarapó News, equipes da secretaria de Obras e do departamento de Turismo e Cultura da Prefeitura também foram até o local, mas nada puderam fazer, em questão de minutos a terra cedeu e a barragem estourou, levando embora toda água do lago.

Ainda de acordo com o site, o prefeito da cidade Mário Valério disse que uma equipe está fazendo todos os levantamentos do estrago ocasionado e vai a Campo Grande nesta segunda-feira (6) na Defesa Civil e na secretaria de Obras em busca de ajuda.

"Independente disso, vamos fazer uma força tarefa e vamos recuperar o local o mais breve possível. Assim que a chuva der uma trégua vamos recuperar nossas estradas nas zonas rurais e também nas ruas do município, que são nossas prioridades, e logo após intensificaremos os trabalhos para recuperar o lago e fazer uma barragem segura, moderna e com comportas", disse o prefeito.

 Balneário

O Balneário municipal de Caarapó foi construído sobre o córrego Diego Cue, no ano de 1977, pelo então prefeito Nilson Lima. O local, que fica a 1.500 metros da cidade, é o principal ponto de lazer dos moradores do município e atrai semanalmente centenas de visitantes da região.