13 de agosto de 2022
Campo Grande 30º 15º

CULTURA | LITERATURA

Caminhoneiro campo-grandense lança livro sobre 40 anos de estrada

No trecho, redes sociais permitiram seus poemas chegarem aos seguidores; "Já escrevi poesia em guardanapos de papel durante um almoço ou jantar", diz autor

A- A+

Caminhoneiro e escritor, Américo Magalhães, lançará o livroEstradas, Madrugadas e Poesias”, no sábado (30.abr.22), das 16h às 19h, na cafeteria Duckbill, na Rua Nortelândia, 613 – Bairro Santa Fé, em Campo Grande (MS).

De acordo com o escritor, 40 anos de estradas, no volante de caminhões, o inspiraram, mas foi a tecnologia e redes sociais que levaram seus textos até seus amigos. “Eu escrevo poesias desde jovem, porém somente comecei a apresentá-las aos amigos após minha entrada no Facebook e no WhatsApp, pois tenho dificuldade com a escrita manual. A inspiração brota de inúmeras fontes: paisagens, fatos corriqueiros das estradas, pessoas, situações vividas ou imaginárias”, relatou o autor.

Segundo Magalhães, o livro está dividido em três partes, a 1ª dedicada a palavras de gratidão a Deus, pessoas e instituições. Deus esse que Américo tem como seu protetor nessa vida cheia de riscos pelas estradas, a segunda com opiniões sobre situações vividas, lutas, vitórias e derrotas, e a terceira com devaneios, situações imaginárias e sentimentos reais que estão apresentados de maneira lúdica ou em códigos.

Para o autor, conciliar a rotina corrida como caminhoneiro com a escrita é algo natural. “A poesia para mim flui a qualquer hora do dia, já escrevi poesia em guardanapos de papel durante um almoço ou jantar. Mas o gravador de voz no celular tornou-se uma ferramenta de grande valia, pois quando estou dirigindo e algo me desperta a inspiração eu gravo algumas palavras-chave e depois em algum momento do dia (quase sempre de madrugada) transfiro para a escrita, quando então vou dando o necessário retoque”, explicou.

Veja a íntegra desse texto no Teatrinetv.com, parceiro de conteúdo cultural do MS Notícias.