02 de maro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Avianca

Cancelamento de rotas da Avianca pode afetar Campo Grande

A partir de abril, quando começam readequações, há indisponibilidade de voos da Capital para dois destinos

Em recuperação judicial, a Avianca Brasil anunciou, nesta terça-feira (26), que deixará de operar 21 rotas a partir de abril. Em nota, empresa afirma que as rotas da companhia aérea na Capital não serão afetadas inicialmente, no entanto, pesquisa feita pelo Correio do Estado aponta indisponibilidade de voos a partir do dia 1º de abril, saindo de Campo Grande com destino a Brasília e Cuiabá.

Na capital, as rotas da Avianca ligam Campo Grande as cidades de Cuiabá, São Paulo e Brasília. As rotas informadas oficialmente pela empresa a serem descontinuadas não incluem a Capital. Os voos domésticos da companhia aérea no Aeroporto de Campo Grande são diários.

Em pesquisa realizada nesta tarde, busca por passagens para Brasília apontam horários disponíveis até o dia 31 de março e, a partir de então, indisponibilidade para qualquer data. O mesmo ocorre com os voos para Cuiabá. No caso de voos com aeronaves cheias, a empresa oferece uma opção de data mais próxima, o que também não ocorre a partir de abril, quando começam a ser feitas as readequações. Apenas as ligações para São Paulo continuam.

Segundo comunicado da empresa, além das 21 rotas descontinuadas (veja abaixo), três bases operacionais serão fechadas, nos aeroportos Galeão (RJ), Petrolina (PE) e Belém (PA).

A readequação acontecerá progressivamente durante o mês de abril como parte do plano de Recuperação Judicial.

Ainda segundo a empresa, serão descontinuadas as seguintes rotas:

Aracaju-Salvador

Belém-Guarulhos

Fortaleza-Bogotá

Salvador-Bogotá

Brasília-Cuiabá

Brasília-Fortaleza

Brasília- Galeão

Brasília-Maceió

Brasília-Salvador

Florianópolis-Galeão

Fortaleza-Galeão

Guarulhos-Galeão

Galeão-Foz do Iguaçu

Galeão-João Pessoa

Galeão-Natal

Galeão-Porto Alegre

Galeão-Salvador

Maceió-Salvador

Petrolina-Recife

Petrolina-Salvador

Recife- Salvador

“A Avianca Brasil informa que as 32 rotas remanescentes são estratégicas e continuam a ser operadas normalmente, com seus pousos e decolagens mantidos dentro do cronograma previsto”, diz a nota.

Passageiros que já adquiriram passagens para algum dos destinados que serão descontinuados podem pedir o reembolso integral do valor pago na tarifa ou realozação em voos de empresas parceiras. As solicitações devem ser feitas no site da Avianca.

Rotas para Brasília indisponíveis as partir de abril
Rotas para Cuiabá indisponíveis a partir de abril
São Paulo continua oferecendo voos