19 de janeiro de 2022
Campo Grande 34º 24º

Geral

Com pagamentos em dia, hospitais de MS recebem 13ª parcela de repasse do Estado

A- A+

Aporte adicional leva em consideração as dificuldades financeiras das unidades hospitalares, como consequência da pandemia da Covid-19. Incremento será pontual, repassado em parcela única neste mês de dezembro, somando R$ 15,6 milhões

Setenta e seis hospitais de Mato Grosso do Sul que prestam assistência pelo SUS vão receber um repasse adicional de recursos estaduais, equivalentes à décima terceira parcela do valor recebido mensalmente do Tesouro Estadual.

Com a ação, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), vai transferir um total de R$ 15.652.520,45 a mais para as entidades hospitalares de Mato Grosso do Sul neste mês de dezembro.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, serão beneficiados pela medida unidades mantidas por municípios em gestão plena e também hospitais que têm contratualização direta com a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Os repasses mensais desses estabelecimentos hospitalares encontram-se em dia.

"Esse aporte adicional de recursos leva em consideração o fato de que o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul entende as dificuldades financeiras pelas quais passam unidades hospitalares, como consequência da pandemia da Covid-19. Será um incremento pontual, repassado em parcela única neste mês de dezembro", explica o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.

"Sabemos que as instituições hospitalares enfrentam um cenário no qual, em consequência da pandemia da Covid-19, todos os órgãos e instituições enfrentam grandes dificuldades para manter a operacionalização dos serviços de saúde, com escassez e majoração de preços de insumos e medicamentos e falta de recursos humanos especializados", salienta Geraldo. "Por isso, mesmo estando em dia com os repasses, decidimos, com a anuência e apoio do governador Reinaldo Azambuja, fazer esse aporte financeiro adicional".

Municípios

Entre os hospitais beneficiados com a transferência adicional, estão 44 que têm contratos diretos com o Governo do Estado, por meio da SES. A décima terceira parcela para esses estabelecimentos totaliza R$ 1.427.352,06. As demais unidades que recebem recursos do Fundo Estadual de Saúde transferidos diretamente para os Fundos Municipais de Saúde, somam 32 e vão receber um total de R$ 14.225.168,39.

Como exemplo, o município de Dourados realiza a gestão plena do SUS e mantém contrato com quatro instituições que vão receber a décima terceira parcela: Hospital Evangélico Dr. e Sra. Goldsby King (R$ 92.520,66); Hospital da Missão Evangélica Caiuá (R$ 13.428,57); Hospital da Universidade Federal da Grande Dourados UFGD (R$ 550.000,00) e Hospital da Vida (R$ 1 milhão).

Na Capital, a Santa Casa de Campo Grande terá um repasse de R$ 3.850.000,00; o Hospital Universitário da UFMS, R$ 300 mil; Hospital São Julião, R$ 418.048,27; Associação de Amparo à Infância, R$ 445.428,57; Hospital do Câncer Alfredo Abrão (R$ 610 mil); e Hospital Nosso Lar (R$ 160 mil).

Texto e foto: Ricardo Minella

Fonte: Governo MS