27 de fevereiro de 2021
Campo Grande 32º 22º

SEGURANÇA

Comissão de segurança se reúne para ampliar atribuições do grupo de trabalho

Responsável pela análise e fiscalização dos projetos relativos à segurança e defesa social e verificação dos programas estaduais, regionais e setoriais desta pasta, o membros da Comissão Permanente de Segurança Pública e Defesa Social reuniram-se nesta manhã (28) para debater a ampliação das atribuições do grupo de trabalho.

O deputado estadual Coronel David (PSL), presidente do comissão, considera que é necessário tornar a atuação do grupo mais abrangente. “Temos que ser um agente facilitador e tomar providências para que nosso papel tenha um alcance maior. Entre as ações já encaminhamos em conjunto com o presidente da Casa de Leis, deputado Paulo Corrêa (PSDB), uma indicação para podermos participar do diálogo com os entes envolvidos na segurança das escolas, um tema que nos preocupa. Em seguida visitaremos o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira (Sejusp), para que ele nos exponha todo o plano estratégico de segurança pública para o Estado”, descreveu.

O deputado Capitão Contar (PSL) reiterou a necessidade da gestão militar compartilhada nas escolas. “Não se trata de regime militar nas escolas estaduais, e sim do resgate de valores como a disciplina, a hierarquia e o respeito. Apresentei um projeto de lei que versa sobre isso para garantir a segurança aos alunos e professores. Integram nossa Comissão de Segurança um ex-comandante da Polícia Militar, Coronel David, um ex-secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, o deputado Barbosinha [DEM] e eu, que venho do Exército Brasileiro, precisamos da integração de todos os órgãos de segurança pública. A Segurança Pública não vive só de viatura e equipamentos, as equipes são constituídas por pessoas. Nós, do Poder Legislativo Estadual, podemos trazer essa segurança jurídica que o militar tanto precisa”, destacou.  

O deputado Barbosinha lembrou o quanto as Forças Armadas tem auxiliado no trabalho executado pela Segurança Pública. “As Forças Armadas, principalmente a Marinha e Exército Brasileiro têm apoiado muito as ações da segurança em nosso Estado. Com o fortalecimento de nossa Comissão de Segurança Pública e Defesa Social, poderemos também ter uma melhor interlocução com o Governo Federal para que eles tenham um olhar diferenciado para nossas fronteiras”, ressaltou.

Também participou da reunião o deputado Antônio Vaz (PRB). A Comissão de Segurança Pública e Defesa social também é composta pelos deputados Cabo Almi (PT) e Marçal Filho (PSDB). Entre as funções do grupo de trabalho está também a requisição de informações sobre a política estadual da destinação de recursos do Governo Federal para a segurança e defesa social.