25 de fevereiro de 2021

CULTURA

Criada pela prefeitura a semana da cosciência indígena, na Capital

Todo ano, 7 dias antes do dia nacional do índio, 19 de abril, eventos para promover consciência da cultura indígena devem ocorrer

A Prefeitura de Campo Grande publicou, no Diário Oficial do município desta sexta-feira (1), a lei 6.172 que cria a semana da consciência cultural indígena na cidade. Capital do segundo estado com a maior população indígena do Brasil, Campo Grande terá, todos os anos, atividades com o intuito de simbolizar a cultura indígena.

Campo Grande recebe muitos indígenas vindos do interior do estado, um processo de êxodo rural. Muitos vêm à cidade em busca de trabalho e estudo e deixam as terras pela falta de condições. A maioria, em Campo Grande, são os indígenas da etnia Terena, que formaram algumas das “aldeias urbanas da cidade”, a exemplo da Marçal de Souza e a Água Bonita.

No âmbito da Prefeitura, vinculada à SDHU (Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos), há uma coordenadoria de defesa das populações e comunidades indígenas, coordenada por Ivan dos Santos. Agora, com a criação da semana, todos os anos, 7 dias antes do dia 19 de abril, dia do índio, a semana deve constar no calendário oficial de eventos.

Durante os 7 dias, deve haver programa de eventos relacionado à informação e preservação sobre a diversidade cultural indígena existente em Campo Grande. A Prefeitura fica responsável por adotar as medidas necessárias e firmar parcerias com entidades da sociedade civil.

O objetivo é ampliar a consciência das pessoas contra o preconceito e a favor da melhoria da qualidade de vida da população indígena da Capital. Outra atribuição do poder municipal, é organizar seminário com entidades e grupos que se identificam com as tradições e costumes das etnias indígenas.