16 de abril de 2021
Campo Grande 32º 20º

CINEMA

Dia do Índio: estreia na TV Reme, animação que ensina pré-história de MS

O curta-metragem usa referências científicas para reconstituir cenários, personagens e elementos de cena e transmitir conceitos de forma divertida e educativa

O filme “Raízes da nossa gente”, é uma animação que será lançada na TV REME – transmitida pelo canal 4.2 da TV Educativa - no dia 19 de abril em alusão ao dia do índio. A animação leva o espectador em uma divertida e didática viagem pela pré-história de Mato Grosso do Sul, revelando-lhe quem foram os primeiros habitantes do nosso território estadual e a forma como eles viviam.

O projeto foi contemplado pelo Fundo Municipal de Investimentos Culturais – FMIC/2019, sendo uma iniciativa da professora Dra. Emília Mariko Kashimoto, do Professor Dr. Gilson Rodolfo Martins e da cineasta Ara Martins, em parceria com o Museu de Arqueologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

O curta-metragem dispõe de recursos de acessibilidade com o intuito de garantir a inclusão social. 

Você sabia que, aqui em Mato Grosso do Sul, temos material arqueológico de civilizações antigas que fazem parte das nossas raízes?

Segundo a roteirista e diretora de criação, Ara Martins, o grande diferencial dessa animação é que toda a reconstituição iconográfica das características materiais e imateriais dos objetos de cena,  dos atributos físicos dos personagens e dos ambientes naturais - pelos quais os protagonistas transitam durante o filme - foi baseada em dados científicos coletados ao longo de um intenso trabalho de pesquisa arqueológica desenvolvida pelos professores Dra. Emília Mariko Kashimoto e Dr. Gilson Rodolfo Martins.

“Justamente por esse compromisso em reconstituir a realidade de forma fidedigna por meio de fontes históricas materiais, essa animação pode ser classificada como um documentário animado. E ao transitar entre essa linha tênue que separa o real do imaginado”, destaca a roteirista.   

A produção disponibiliza os canais do filme “Raízes da nossa gente” nas redes sociais para quem desejar ter mais informações do filme documentário.