19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Equipamentos obrigatórios garantem a segurança dos ciclistas

A bicicleta é um meio de transporte alternativo, escolhido por muitas pessoas por ser sustentável, saudável e econômico. Por outro lado, necessita de cuidados redobrados para que perigos sejam evitados ao longo do caminho.

Como os demais veículos, a bicicleta também deve possuir alguns equipamentos obrigatórios, que são estabelecidos no artigo 105 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), são eles: campainha, sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e nos pedais, e espelho retrovisor do lado esquerdo.

Também é altamente recomendado o uso de capacete, luvas, roupas claras ou chamativas e óculos para proteger os olhos, contra os insetos e possíveis detritos do asfalto. Além disso, para garantir a segurança do ciclista em qualquer ocasião e horário, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS) recomenda outras medidas simples:

Sempre sinalizar as intenções

Desta forma, o condutor de outro veículo saberá a sua intenção e respeitará o seu trajeto.

Manter os adesivos refletivos limpos

Assim você aumentará a sua visibilidade, bem como, a segurança da sua pedalada noturna.

Ter cuidado com portas de veículos estacionados

Muitos motoristas não tomam muito cuidado ao abrir a porta do veículo, e, uma colisão dessa pode ser até fatal.

Prefira ciclovias ou ruas calmas

As ciclovias ou ciclofaixas devem ser utilizadas preferencialmente pelo ciclista, pois é um local especifico para o trânsito de bicicletas. Quando não houver essa opção, escolha uma rota que garanta a sua segurança.

Não andar na contramão da direção

Ao transitar na contramão, o ciclista pode surpreender o condutor de outro veículo e dificilmente conseguirá evitar um acidente grave.

Cuidado nos cruzamentos

A atenção deve ser redobrada, pois são locais muito movimentados. Ao atravessar a rua, é necessário descer da bicicleta e empurrar ao seu lado, observando todas as regras para pedestres.

Não utilizar fones de ouvidos

Os fones bloqueiam os sons que precisam ser ouvidos durante uma direção defensiva, além de desviar o foco e deixar o ciclista mais exposto a situações de risco. (Com assessoria)