14 de maio de 2021
Campo Grande 26º 17º

Assassinado

Ex-policial é assassinado próximo a saída de festa rave em Guarapari

Outro homem também foi assassinado a tiros no local. Segundo a PM, quatro indivíduos encapuzados passaram atirando contra a dupla

A- A+

O ex-subtenente da Polícia Militar Dulcindo do Carmo Machado, foi assassinado a tiros próximo a saída de uma festa rave, na avenida Padre José Anchieta, em Guarapari-ES, na manhã deste domingo (11). Além dele, outro homem que estava próximo também foi morto pelos disparos.

Até o momento, nenhum suspeito foi localizado. O segundo homem morto ainda não foi identificado. De acordo com a polícia, Dulcindo e a outra vítima estavam próximos a saída de uma festa rave que acontecia na região. Porém, ainda não há informações se eles participaram da festividade.

A Polícia Militar conta que por volta das 11h30 quatro indivíduos encapuzados passaram atirando contra os dois de dentro de um HB 20. As vítimas morreram na hora. Já os bandidos, fugiram. As polícias Civil e Militar estão no local do crime junto com a Perícia criminal.

Envolvimento em roubo de armas

Dulcino do Carmo Machado, que atuava como subtenente do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foi expulso da corporação há 10 dias, no dia 1 de novembro de 2018. A participação de Dulcino em um roubo de armas na sede do sexto batalhão, na Serra, em julho de 2015, estava sendo investigada pela corregedoria da PM. Ele foi considerado culpado por todas as acusações contidas no processo.

Em 2015, armas foram roubadas de dentro do 6º Batalhão da Polícia Militar, em Carapina, na Serra. Como o batalhão não foi invadido, policiais foram investigados pela Corregedoria da PM. Informações não oficiais diziam que 40 pistolas, 15 submetralhadoras e dois fuzis tinham sido roubados, mas a polícia confirmou o roubo de 14 pistolas ponto 40.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência à época, o primeiro contato com o Centro Operacional de Defesa Social (Ciodes190) foi registrado às 5h56, quando um tenente que estava de plantão informou que havia encontrado a porta da Seção de Armamento e Munição (Sam) arrombada.