06 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 17º

Carne de aves

Exportações de carne de aves em MS aumentam em 25% no primeiro semestre

Em Mato Grosso do Sul, as exportações de carne de aves no primeiro semestre de 2020 aumentaram 25,34% em termos de valor, na comparação com o mesmo período de 2019.

As operações externas nos primeiros seis meses deste ano somaram US$ 126,27 milhões, enquanto que no ano passado foram de US$ 100,74 milhões.

Os dados são da Carta de Conjuntura do Setor Externo do mês de junho, publicada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

"Foram exportadas 23 mil toneladas a mais de carne de aves no primeiro semestre de 2020. Estamos aumentando nossa produção e se posicionando no mercado internacional.

Tudo isso é resultado da política de fomento à avicultura implantada pelo Governo do Estado, ao diálogo permanente com o setor e à adoção de rigorosos protocolos de biossegurança", comenta o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

Hoje, Mato Grosso do Sul tem a China como principal parceiro comercial, que representa 50% do total das exportações do Estado em 2020.

Para preservar esse mercado, a administração estadual tem estabelecido protocolos de biossegurança para todos os setores industriais, com participação efetiva setor publico e privado.

"Criamos o programa Proseguir e um programa de saúde e segurança na economia. Aqui no Estado, as indústrias credenciadas para exportação são monitoradas e os padrões de biossegurança tem mostrado resultados positivos.

O Governo tem como meta estratégica a manutenção do credenciamento de unidades industrias para exportação, inclusive para a China, dada a sua importância na pauta de exportação e na geração de empregos.

Para isso, precisamos cuidar dos protocolos e da saúde das pessoas. Todas as vidas importam", reforça Jaime Verruck.

O titular da Semagro lembra que os órgãos sanitários estaduais e federais têm monitorado a produção da indústria nesse período de pandemia da Covid-19 e orientado com relação aos protocolos de biossegurança a fim de que não haja prejuízo às operações externas.

"Na questão da carne de aves, a China também é o principal destino das nossas exportações e estamos acompanhando de perto o setor.

Em Dourados, por exemplo, temos a BRF, que gera mais de 1500 empregos, tem apresentado crescimento das exportações de carne de aves e demonstrado como os protocolos de biossegurança apresentam resultados satisfatórios", finalizou o secretário.

As carnes de aves representaram, no primeiro semestre de 2020, 4,27% do total das exportações sul-mato-grossenses, sendo que os principais destinos do produto, nesse período, foram a China (23,74%); Japão (18,81%); Emirados Árabes Unidos (7,49%); Cingapura (6,67%) e Kuweit (4,03%).

Em relação aos demais estados produtores, Mato Grosso do Sul é o segundo maior exportador de carne de aves do Centro-Oeste – o sexto maior do país.

 
Jaime Verruck, da SemagroJaime Verruck, da Semagro