10 de maio de 2021
Campo Grande 32º 18º

Doação de sangue

Família pede doação de sangue para adolescente internado com leucemia

Leonardo está há 12 dias no HRMS e precisa de transfusões diárias

A- A+
Leonardo Silva de Deus, 17 anos, está internado desde o dia 12 de junho no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), e nesta segunda-feira (24), foi diagnosticado com leucemia, precisando realizar transfusão de sangue todos os dias.
 
Preocupada a família do adolescente está pedindo doações de qualquer tipo sanguíneo, para que possa ser reposto no estoque do hospital que está em falta. “Nós precisamos de doação de sangue e plaquetas. Estamos nessa corrente. Ele precisa de transfusão todos os dias, e está em falta no hospital” contou Elisangela Silva, mãe de Leonardo.
 
Ao Jornal Midiamax, o pai do adolescente contou que ele começou sentindo uma dor leve nas costas e depois passou para o peito e por último no lado direito das costelas. “Nós levamos ele até a UPA Leblon e o médico disse que era apenas uma dor muscular. Mas em casa os remédios não faziam efeito. Marcamos uma consulta com um médico particular e após minha esposa insistir ele pediu o exame de sangue, que mostrou que as plaquetas dele estavam baixas demais”, explicou.
 
Com o resultado do exame de sangue em mãos, os pais de Leonardo ficaram desesperados e procuraram o HRMS, onde o adolescente está internado. “No dia 12 corremos para o hospital Rosa Pedrossian, no mesmo dia internaram ele. Mas acharam que podia ser Leishmaniose, depois que podia ser tuberculose. Ai fizeram um exame de medula óssea e agora no dia 24 descobriram a leucemia”, disse Jair José de Deus.
 
Doações
É importante ressaltar que as doações devem ser feitas em nome do Leonardo Silva de Deus e podem ser de qualquer tipo sanguíneo. No banco de sangue do HRMS, localizado na avenida Engenheiro Lutero Lopes, 36, no Conjunto Aero Rancho, as doações podem ser feitas das 7h às 11h.
 
Após esse horário o doador deve procurar o Hemosul de Campo Grande, localizado na avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304 – Centro, onde o horário de funcionamento é de segunda à sexta-feira das 7h às 17h, e aos sábados das 7h às 12h.
 
Quem pode doar
Para doar sangue é preciso seguir algumas regras: estar munido com documento oficial com foto, como a carteira de identidade ou de motorista.
 
Os doadores precisam ter de 16 a 69 anos. Há uma ressalva para quem tem 16 e 17 anos: o menor de idade tem que estar acompanhado de pai ou mãe ou responsável legal, ou então, pode retirar na unidade de doação um modelo de declaração (também disponível no site), levar para mãe, pai ou responsável legal assinar e aí reconhecer firma desta assinatura. Se o menor de idade for emancipado pode ir sozinho ao Hemosul e apresentar o documento de emancipação. Se for casado, levar a certidão de casamento que já é suficiente para a liberação.
 
Embora a lei permita a doação de pessoas abaixo de 50 quilos, a Rede Hemosul reserva-se o direito de aceitar apenas doadores com 55 kg ou mais, para a melhor utilização do sangue coletado e segurança do doador.
 
O doador deve estar bem alimentado para doar sangue. Não se pode doar sangue em jejum. Mas deve-se evitar alimentos com excesso de gordura quando for realizar a doação. É recomendado alimentação saudável.