19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Bancos

Fim da greve: bancários aceitam negociações e reabrem agências

"A abertura é imediata, para validar acerto"

As agências privadas e funcionários do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal aceitaram a proposta da Fenaban e encerraram a greve nesta quinta-feira (6) em Campo Grande e região, de acordo com o sindicato da categoria. O Sindicato de Campo Grande e Região também engloba outras 27 cidades das regiões central, oeste, norte e sudoeste do estado, onde existem 160 agências.


Nesta quarta-feira (5), o Comando Nacional dos Bancários se reuniu com a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos). A nova proposta apresentada pelos bancos é de reajuste para 2016 de 8% + abono de R$ 3,5 mil, reajuste de 15% no vale alimentação; 10% no vale refeição; 10% no auxílio creche-babá.

Entre as negociações estão inclusos o direito a licença paternidade de 20 dias; centro de realocação e requalificação para preservação do emprego; e para 2017, um reajuste com base no INPC + 1% de aumento real nos salários e em todas as verbas. A reivindicação da categoria foi de 14,78% de reajuste salarial, sendo que apenas 5% seria de ganho real.

Os trabalhadores também garantiram na negociação, o abono total dos dias parados, mas que só passou a valer por que terminaram a greve de imediato.