26 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

FELINOS - VÍRUS

Gatinha cuiabana é o primeiro bicho a ser diagnosticado com Covid-19 no Brasil

Outros dois animais, outro gato e um cachorro também estão com suspeitas

O primeiro animal de estimação a testar positivo para o coronavírus Sars-CoV-2 do Brasil foi descoberto em Cuiabá, no Mato Grosso. É uma gatinha de poucos meses. Ela não tem sintomas da Covid-19 e contraiu a doença de seus donos neste mês de outubro. A informação é do O Globo.  

Outros dois animais: outro gato e um cachorro também estão com suspeitas de contaminação.  A gatinha já confirmada com a doença foi diagnosticada a partir do chamado exame molecular de PCR (aquele do cotonete). 

A responsável pelo diagnóstico é a pesquisadora Valéria Dutra, professora da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá.

Segundo ela, pessoas infectadas pelo coronavírus devem se manter isoladas de seus animais. 

A gata foi infectada pelo Sars-CoV-2 porque teve contato com os donos durante o período de isolamento deles.

O caso acende o alerta para o risco de as pessoas transmitirem o coronavírus para os animais. Investiga-se a hipótese de estes poderem, então, contaminar gente e outros bichos. Isso não só aumentaria os meios de transmissão quanto os reservatórios do vírus, apesar de, por ora, sejam somente hipóteses, sem comprovação.

Em laboratório, na China, mostrou-se ser possível que gatos transmitam a doença para outros felinos. Mas não se sabe se podem transmitir para seres humanos e sequer se o contágio entre felinos é fácil. A suposição é de que não seja.

FONTE: VEJA A REPORTAGEM COMPLETA DO O GLOBO.