28 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Sugestões

Governo afirma que não está inflexível com decreto e irá analisar sugestões

Tamanho máximo do pescado, fiscalização e iscas foram debatidas

A- A+

Depois da reunião com a comissão do governo do Estado os manifestantes contra o decreto cota zero saíram com a promessa de um novo encontro na próxima segunda-feira (04) com o grupo que ficou de analisar as reivindicações feitas no encontro de hoje. A reunião ocorreu após manifestação em frente à governadoria. 

A promessa do secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) Jaime Verruck, é que nada será publicado sem aval dos pescadores e empresários do turismo da pesca.

“Eles explicaram claramente pontos que não havíamos pensando. O  governador não está inflexível quanto a essa situação. Antes de publicar o decreto vamos dar publicidade a ele”, assegurou.

Dentre as mudanças que devem surgir na matéria que não está pronta é a questão do tamanho máximo e mínimo do pescado, a fiscalização do estoque que está sendo retirado dos rios e as iscas que são utilizadas.

“São sugestões que serão pensadas. Os próprios pescadores podem ajudar na fiscalização desse processo. Até sexta-feira faremos a minuta com as propostas que foram apresentadas para a reunião de segunda.”