09 de maio de 2021
Campo Grande 30º 15º

TECNOLOGIA

Governo de MS lança podcast focado na área de Ciência e Tecnologia da região

A- A+

Os cidadãos de Mato Grosso do Sul ganharam uma nova forma de ficarem conectados com o governo do estado. No início de abril, a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect) lançou um novo podcast que vai divulgar as ações públicas focadas no setor. Além disso, serão escolhidos temas específicos para que alguns convidados possam explicar e passar conhecimento aos ouvintes.

Essa ação da Fundect é uma forma do governo se mostrar conectado com as principais inovações na mídia digital. Afinal, os podcasts estão em alta no Brasil e o número de ouvintes neste formato de conteúdo só aumenta com o passar do tempo. O sucesso do podcast Economia Descomplicada pode servir como evidência disso. Segundo pesquisa divulgada pela Orelo, mais de 20 milhões de brasileiros ouviram, pelo menos uma vez, algum podcast durante o ano passado. É um número incrível, e que deve aumentar durante os próximos meses.

O podcast Fundect é Ciência teve o primeiro episódio lançado no dia 7 de abril, e a ideia é que ele seja contínuo até o final de 2021. O plano é que o programa tenha no máximo cinco minutos, e seja lançado todas as sextas-feiras na plataforma do Spotify. Vale lembrar que o conteúdo é completamente gratuito, pois o serviço de streaming de música não coloca propaganda neste formato. Ou seja, é uma oportunidade de ouvir especialistas e pessoas do governo sobre temas importantes de Mato Grosso do Sul.

Nos últimos anos, o governo do estado tem buscado se manter ativo nas mídias digitais. Além desse podcast recém-lançado, e que promete fazer algum sucesso, a gestão atual também cuida bastante das redes sociais. Apenas no Facebook, por exemplo, a conta oficial do Governo de Mato Grosso do Sul possui mais de 130 mil seguidores. A rede possui vídeos, notícias e muitas informações oficiais que podem interessar aos sul-mato-grossenses.

TENDÊNCIA DIGITAL NO BRASIL

O sucesso dos podcasts no Brasil é um sinal da digitalização de vários conteúdos, pois o formato lembra bastante os antigos programas de rádio. Assim como já aconteceu com a música e os filmes, desde a chegada dos serviços de streamings, as produções de rádio também estão começando a ganhar uma versão digital. Entretanto, isso não é focado apenas nessas mídias que falamos, pois o mundo online está crescendo consideravelmente para todos os setores possíveis.

No caso do entretenimento digital, por exemplo, os jogos de apostas online estão ganhando outra dinâmica com os cassinos virtuais. A lista do site VegasSlotsOnline mostra que algumas das plataformas mais populares, como a 888 Casino e a Bacana Play, possuem 1 milhão de visitantes mensais e cerca de 10 mil slots machines grátis e temáticas para os fãs. É uma popularidade que lembra bastante o sucesso dos jogos de videogame, que também são uma tendência digital. Recentemente, uma pesquisa da NPD Group mostrou que mais de 65 milhões de brasileiros gastam algum tempo com os games, seja utilizando um smartphone ou então com algum console específico.

Além de servir para diversão, a internet também possui um grande potencial em outros setores, que também passam por essa espécie de revolução digital. O número de cursos e workshops online é um bom exemplo, pois virou uma tendência no Brasil. Um caso específico é a Perestroika, que é uma das escolas de metodologias criativas mais conhecidas do país. A instituição deixou de lado os cursos presenciais e, atualmente, oferece todas as aulas no método online.

OUTRAS INICIATIVAS DO ESTADO

A criação do podcast pelo governo de Mato Grosso do Sul, em parceria com a Fundect, é um passo importante para a digitalização de vários serviços que podem aproximar o governo do cidadão. Afinal, com um áudio de cinco minutos toda semana, as pessoas podem ficar informadas do que acontece na região. O próximo passo é investir cada vez mais em outras iniciativas que seguem o mesmo modelo. O canal do governo no YouTube, por exemplo, é algo que pode ser melhor explorado.

Os conteúdos voltados para vídeo, até mesmo em aplicativos como o Instagram e o TikTok, estão em alta com os brasileiros. Apesar de possuir conta nessas plataformas, a interação ainda é baixa se comparada com outros estados que atuam melhor nesta frente. Em São Paulo, os conteúdos em vídeos da conta oficial do governo são mais dinâmicos e possuem uma qualidade e uma produção de melhor qualidade. É algo que pode ser aplicado por aqui.

Independente disso, é preciso elogiar a iniciativa do estado, que busca trazer ainda mais informação para as pessoas. O setor de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul é importante para o futuro, e o impacto do podcast será grande. É uma forma de fomentar a curiosidade nas pessoas, o que gera estudo e, como consequência, cidadãos mais informados. Isso pode gerar um resultado positivo, seja no âmbito social ou até no econômico.