23 de abril de 2021
Campo Grande 31º 19º

CORONAVÍRUS

Governo fecha acordo para compra de "todas as vacinas disponíveis" da Pfizer e Janssen

Trato foi fechado nesta quarta-feira (3.março) e deve ser anunciado pelo ministro da Saúde

A- A+

O ministério da Saúde informou à CNN que decidiu comprar “todas as vacinas disponíveis” desses laboratórios: Pfizer e a Janssen.  

No caso da Pfizer, segundo reportagem de Mariana Muniz, da Veja, a negociação prevê a compra de 100 milhões de doses, que serão entregues ao longo do ano. O acordo foi fechado nesta quarta-feira (3.março) e deve ser anunciado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O contrato é firmado seis meses após o envio de uma carta pelo CEO da Pfizer ao governo brasileiro e nove meses depois da primeira oferta da empresa. 

Considerada uma das mais eficazes, a vacina da Pfizer vinha sendo barrada por regras impostas pelo governo brasileiro.

Segundo reportagem do G1, os dois contratos estão em fase de elaboração e devem ser assinados até o início da próxima semana, com determinação da quantidade de doses a serem entregues.

Em reunião na tarde desta quarta com representantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Pazuello informou à entidade que a elaboração do contrato com a Pfizer está em andamento e que o ministério está em negociações com a Janssen. Consultada pela TV Globo, a Pfizer não confirmou.

Na terça-feira (2), a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que, entrando em vigor, permite que a União, estados e municípios possam assumir essa responsabilidade sem que os gestores sejam pessoalmente responsabilizados por ocorridos.

*Com informações da CNN.