30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

Doação de plasma

Hemosul lança número exclusivo para curados de Covid agendarem doação de plasma

O Hemocentro Coordenador de Mato Grosso do Sul acaba de lançar um canal exclusivo para agendamentos da doação de plasma. O número (67) 99212-0447, exclusivo para whatsapp, está disponível para os sul-mato-grossenses curados da Covid-19 que queiram participar dos estudos voltados ao tratamento de pacientes graves da doença.

De acordo com o Hemosul, podem doar plasma: homens e mulheres entre 18 e 80 anos; mulheres sem histórico de gestação; pesando no mínimo 60 kg; e somente 14 dias após estar curado e sem sintomas.

Sobre o estudo

O estudo é encabeçado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) e conta, em Mato Grosso do Sul, com a participação do Governo do Estado, por intermédio do Hemosul e Hospital Regional, além de outras instituições, como Hospital Universitário da UFMS, Hospital das Clínicas da USP e da Escola Paulista de Medicina da Unifesp (São Paulo).

O responsável pela pesquisa no Estado é o infectologista Júlio Henrique Croda, e conta com a participação de outros profissionais como Benedito Antônio Lopes da Fonseca, Benedito de Pina Almeida Prado Jr, Dante Langhi Jr., Dimas Tadeu Covas, Eugênia Maria Amorim Ubial, Gil Cunha De Santis e Rodrigo Calado de Saloma Rodrigues.

O estudo pretende avaliar o impacto da transfusão de plasma de convalescente (pacientes recuperados) da Covid-19 em pacientes com quadro clínico grave dessa doença e vai trabalhar com a hipótese de que a transfusão de plasma de doador convalescente da Covid-19 poderá resultar em evolução clínica mais favorável e aumentar a taxa de sobrevida de indivíduos com acometimento grave pela doença.

Para testar a hipótese, serão tratados com plasma convalescente 40 pacientes com a forma grave da Covid-19 que terão seus desfechos comparados com grupo controle constituído de 80 pacientes com a mesma doença, com características e gravidade clínica semelhante. Cada paciente receberá uma dose aproximada de 10 ml/kg/dia de plasma convalescente (600 mL/dia para os adultos), por 3 dias consecutivos. Os participantes do estudo serão recrutados dentre os pacientes com infecção grave da Covid-19, tratados no Hospital Universitário da UFMS e no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul.