07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

SAÚDE

Hospital Regional de Ponta Porã amplia oferta de exames em MS

Serão ofertados, em média, 130 exames por mês; unidade é gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES)

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã (MS), ampliou neste mês a oferta de exames de imagem e diagnósticos e inseriu o exame de endoscopia digestiva. Os procedimentos são realizados com aparelhos de alta tecnologia assistidos por uma equipe multiprofissional de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Serão ofertados, em média, 130 exames por mês. O paciente que tiver a indicação será encaminhado para agendar o procedimento junto à unidade básica de saúde de cada região. Os pacientes internados serão encaminhados diretamente.

“A endoscopia permite a visualização do trato gástrico superior por meio de um aparelho chamado endoscópio. Assim, conseguimos diagnosticar casos de gastrite, úlceras no estômago, esôfago, detectar precocemente câncer e remover pólipos, tecidos anormais que se formam na parede do aparelho digestivo. Coletamos amostras de tecidos para análise e também conseguimos remover objetos estranhos”, explicou o médico gastroenterologista, Nelson Derzi.

Ramona da Silva, 29 anos, acompanhou a mãe, Venceslada Valdez Freitas, 61 anos, e se surpreendeu com a oferta do exame. “Minha mãe já veio várias vezes no hospital com dores no estômago. Semana passada ela se consultou com um especialista e já marcaram o exame. Foi tudo bem rápido. Essa iniciativa vai ser boa para todos que precisam fazer o exame e não podem se deslocar para outra cidade”, contou.

A unidade é gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Na área de imagem, são oferecidos exames de Raio-X Convencional, Tomografia Computadorizada, Ultrassonografia e Eletrocardiograma, além de exames laboratoriais. O exame de colonoscopia também será ofertado a partir do mês de junho.

“A ampliação dos exames de endoscopia e colonoscopia demonstra de forma efetiva o compromisso que o Instituto Acqua tem com a população de Ponta Porã e região, em transformar o Hospital Regional em um centro médico de excelência. Nossa prioridade é prestar uma assistência de qualidade e humanizada aos pacientes junto ao Governo”, enfatizou o diretor geral da unidade, Demetrius do Lago Pareja.

Délia Beatriz Garay, 46 anos, se queixava de dores no estômago há meses e conseguiu agendar o exame rapidamente após a consulta médica na unidade. “Já fui internada algumas vezes no Hospital Regional de Ponta Porã. Na última crise, além do ultrassom, o médico também solicitou a endoscopia. Em uma semana já me agendaram. Sou grata pelas boas experiências que tive aqui”, relatou.