27 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

Pantanal

Incêndio próximo à escola mobiliza brigadistas em região remota do Pantanal

Para chegar ao local, na região do Jatobazinho, somente de avião ou barco

Brigadistas combatem, desde a noite quinta-feira (02), incêndio próximo a uma escola, no Pantanal, região do Jatobazinho, em Corumbá. Atuam para conter o fogo equipes do Instituto Acaia, Instituto Homem Pantaneiro e, ainda, equipe operacional da escola.

O combate às chamas se torna mais complicado pela dificuldade de acesso aos focos, pois o deslocamento na região somente é possível por barco ou aeronave.

O Corpo de Bombeiros realizou voo de monitoramento ontem para avaliar a situação, que até o momento está sendo coordenado pelo Instituto Homem Pantaneiro.

Os militares de Corumbá estão de sobreaviso, mas as informações são de que a situação está sob controle até o momento. Entretanto, está programado o deslocamento de um trator e um caminhão pipa para auxiliar.

Líder em queimadas

Segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Corumbá lidera o ranking de município com mais focos de queimadas no país. Isso devido à extensão do município, que abrange 37% do Pantanal brasileiro.

Os relatórios mostram que, somente entre os dias 1º e 02 de julho (quarta e quinta-feira), foram 47 focos. No ano já são mais de 1800 pontos de queimadas na cidade. O número supera 3 vezes a quantidade de incêndios do segundo colocado, Poconé (MT), que também está localizado no Pantanal.