02 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 23º

#METOO

Indicado ao Oscar 2021, filme aborda abuso sexual na indústria cinematográfica

A premiação está prevista para acontecer em nova data em 25 de abril de 2021

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas revelou as primeiras produções selecionadas para concorrer a categoria de melhor filme na 93ª edição do Oscar, que foi adiada para o dia 25 de abril de 2021. Entre os filmes, o drama "The Assistant (A Assistente)" novo filme de Kitty Green estrelado por Julia Garner, conhecida no Brasil pelo papel de Ruth Langmore na série "Ozark". O acompanha a vida de uma jovem aspirante a produtora de cinema que recentemente conseguiu seu emprego dos sonhos como assistente júnior de um poderoso magnata do entretenimento. Ela começa a perceber todos os abusos que envolvem seu ambiente de trabalho e sua posição profissional.

O tema relaciona-se indiretamente ao "Movimento Me Too" (ou  #MeToo), uma ação mundial contra o assédio sexual e a agressão sexual no 'universo' cinematográfico puxado por uma entrevista do “New York Times” onde atrizes abusadas pelo produtor Harvey Weinstein, magnata de Hollywood (como no enrredo) revelam detalhes de como, durante anos, a figura poderosa abusou de atrizes com a omissão de seus pares, dado ao poder que tinha em função do cargo que ocupava.    

Em março deste ano, Harvey Weinstein, o agora ex-produtor de Hollywood, aos 67 anos, foi condenado a 23 anos de prisão por alguns dos crimes e absolvidos em outras acusações que o levaria a prisão perpétua.

A sentença foi dada na corte penal estadual de Manhattan na 4ª-feira (11.março) e foi o desfecho de um julgamento emblemático para o #MeToo, movimento contra assédio.

INDICADOS DE 2021

Os indicados estão divididos entre Netflix, Universal e Bleecker Street. Paramount, Warner, Disney e Sony ainda não enviaram seus filmes para o Oscar.

A Academia informou em comunicado que irá adicionar os filmes em sua plataforma conforme forem enviados pelas distribuidoras. Também disse que retirou as produções do Oscar deste ano e deixou apenas os novos indicados em exibição até a próxima edição do evento.

"Nos próximos oito meses, adicionaremos filmes à medida que forem enviados à Academia por seus respectivos distribuidores, permitindo que você assista continuamente aos melhores filmes, performances e realizações que nossa indústria tem a oferecer. Os filmes do 92º Oscar não estão mais disponíveis na plataforma. Novas inscrições estarão disponíveis para transmissão através das preliminares e indicações ao Oscar, no próximo ano.

Somente os filmes indicados permanecerão na Sala de Exibição da Academia até que o Oscar seja realizado em 25 de abril de 2021.

As primeiras nove escolhas são:

"A Assistente", de Kitty Green;

"Crip Camp", de Nicole Newnham e James Lebrecht;

"Destacamento Blood", de Spike Lee;

"Você Nem Imagina", de Alice Wu;

"Lost Girl": Os Crimes de Long Island, de Liz Garbus;

"Never Rarely Sometimes Always", de Eliza Hittman;

"Military Wives", de Peter Cattaneo;

"Trolls 2", de Walt Dohrn.