25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

Máscaras

Indígenas de Dourados vão receber 10,4 mil máscaras nesta semana

Os indígenas residentes nas aldeias de Dourados vão receber essa semana um novo lote de 10,4 mil máscaras, doadas pela Energisa. Na semana passada, o secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende entregou no Polo Base de Saúde Indígena douradense, 10 mil unidades, totalizando 20.450, de um total de 65 mil compromissados pela empresa de energia elétrica.

As doações fazem parte de uma parceria entre o Governo de MS, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde e da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), com a empresa Energisa.

A produção dos itens de proteção é feita por mulheres da Associação de Capacitação de Economia Solidária do Povo (ACIESP), de Campo Grande, instituição que atende vítimas de violência doméstica. Nessa parceria o Grupo Energisa está investindo R$ 100 mil na produção das máscaras, por meio de um projeto denominado Movimento Energia do Bem.

“Esse trabalho é muito importante para as mulheres do projeto, pois oportuniza melhorias financeiras durante esse período de pandemia”, explica a coordenadora e fundadora da ACIESP, Ceureci Santiago.

O secretário estadual de Saúde Geraldo Resende elogia a iniciativa e diz que se trata de uma ação de grande alcance social e de saúde. “Queremos que todos os indígenas tenham máscara e, por isso, tal iniciativa é de total relevância. Apenas com a união de esforços vamos conseguir vencer essa guerra contra o coronavírus. O legado dessa pandemia será o fortalecimento e a união, e não só números negativos”, salienta o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

Geraldo Resende comenta ainda que a contratação de mão de obra local além de ser um estímulo para a economia tem viés social. “Somos um dos Estados que tem maior percentual de violência doméstica no país, e é de extrema importância fomentar a geração de trabalho e emprego a essas mulheres”.