24 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 21º

ALERTA

Inflamação no coração de ator pode ser consequência do coronavírus

O ator contraiu a Covid-19 em meados de maio, há três semanas começou a sentir uma dor no coração

Leia também

• Peça de teatro censurada por conter ator nu, motiva ação contra governo Bolsonaro

• Galã que abandonou gravações de novela da Globo ressurge na TV portuguesa

O ator e comediante Daniel Furlan, do grupo Choque de Cultura, revelou que médicos investigam se ele está com uma inflamação na membrana que envolve o coração como consequência do novo coronavírus.

Em entrevista ao programa Conversa com Bial (Globo), na madrugada desta quarta (28), ele contou que contraiu a Covid-19 em meados de maio, mas há três semanas começou a sentir uma dor no coração e procurou um hospital.

"Aparentemente, é uma pericardite. Na melhor das hipóteses é isso, uma inflamação em volta do coração, que é uma das sequelas das pessoas que estão tendo o coronavírus", afirmou.

Furlan contou também que, na época em que recebeu o diagnóstico da Covid-19, ficou três dias muito mal. "Mas o problema maior foi depois, fiquei uns 40 dias com a respiração curta, pesada. E agora estão investigando possíveis sequelas. É uma coisa que a gente não sabe ainda, as pessoas reagem de formas muito diferentes uma das outras", relatou.

Diversos estudos têm demonstrado que a Covid-19 pode causar danos ao coração, levando a complicações como infartos, miocardites, insuficiência cardíaca, isquemia e tromboses, condições que podem agravar ainda mais o quadro clínico dos pacientes.