08 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 22º

OPORTUNIDADE | EMPREGO

Inscrições para 440 vagas na Prefeitura encerram nesta sexta (29.out)

Salário de até R$ 1,4 mil; contrato de 12 meses

A- A+

Motoristas, educadores e cuidadores sociais podem se inscrever até esta sexta (29.out.21) para serem contratados temporariamente na Prefeitura de Campo Grande (MS). As inscrições abertas em 22 de outubro visa contratar 440 novos profissionais. Os salários variam de R$ 1,2 mil a R$ 1,4 mil.

De acordo com publicação Diário Oficial (Diogrande -pg.8),  os trabalhadores vão integrar a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS). 

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet. 

São 200 vagas para cuidador social, 140 para educador social e 100 para motorista. Todos os contratados terão 12 meses de acordo contratual remunerado.  

O cuidador social, terá que cumprir carga horária de 40 horas por semana ou escala de 12 horas de trabalho por 36 de descanso. Esse ganha bruto R$ 1,4 mil, sendo exigida experiência e Ensino Médio.

Educador social deverá cumprir carga horária de 40 h/s ou escala de 12x36, de acordo com a escala de serviço determinada pelo Órgão Gestor. Receberá R$ 1,2 mil bruto.  

Já o motorista deverá ter Ensino Fundamental Completo. Carteira Nacional de Habilitação categoria B ou superior. Não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima, ou ser reincidente em infrações médias durante os doze últimos meses. Não estar cumprindo pena de suspensão do direito de dirigir decorrente de crime de trânsito. Deverá cumprir  40 h/s ou escala de 12x36, de acordo com a escala de serviço determinada pelo Órgão Gestor. Ganhará R$ 1,4 mil bruto, pelo trabalho. 

A inscrição é gratuita, e deve ser realizada somente pela internet no endereço eletrônico da Prefeitura Municipal de Campo Grande: www.campogrande.ms.gov.br/seges/ processoseletivo, até às 23h30 de 29 de outubro de 2021, observado o horário oficial do Estado de Mato Grosso do Sul.

"Ao candidato com deficiência, que pretenda fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas no inciso VIII do artigo 37 da Constituição Federal, observadas as disposições da Lei Federal n. 7.853, de 24 de outubro de 1989 e em conformidade com o Decreto Federal n. 3.298, de 20 de dezembro de 1999, é assegurado o direito de inscrição nas funções descritas neste Edital, desde que haja vaga específica assegurada pela cota e sua deficiência seja compatível com as atribuições da respectiva função", explica o Edital.  

O quantitativo de reserva de vaga para candidato com deficiência será no total de 5% (cinco por cento).  " O candidato que optar por concorrer à vaga reservada deverá, no ato de apresentação da documentação para concorrer na Prova de Títulos, entregar o Laudo Médico atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID) e a sua provável causa ou origem", completa.  "O candidato que, no ato da inscrição, não se declarar PcD e/ou não encaminhar o laudo médico ou, ainda, não contendo este todas as informações acima indicadas, perderá a prerrogativa de concorrer nesta condição de candidato com deficiência e passará a concorrer somente às vagas da ampla concorrência", finaliza.