20 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 19º

#LUTO

Internado com Covid-19, ator de 'Sinhá Moça' e 'Chiquititas', morre aos 73 anos

Em nota, o hospital afirmou que Amadeu faleceu pela tarde de ontem, em decorrência de falência múltipla de órgãos

O ator Gésio Amadeu morreu nesta 4ª-feira (5.agosto) por complicações da Covid-19. O artista, de 73 anos, estava internado desde o final de junho em um hospital na capital paulista depois de contrair o coronavírus. Gésio chegou na unidade para uma consulta médica de rotina e acabou sendo internado.

O seu filho, Mario Amadeu, chegou a se manifestar sobre o quadro de saúde de seu pai na época do primeiro diagnóstico: "Muitos sabem e muitos não sabem mas estou aqui para esclarecer algumas coisas que estão acontecendo com meu pai que pegou a Covid-19. Meu pai, o ator Gesio Amadeu, no dia 24 de maio, foi a um primeiro hospital para realizar exames pois estava com a pressão alta fazia dias. Como a pressão não abaixava, por determinação médica, ele foi internado. Ele ficou 8 dias na UTI e provavelmente lá ele contraiu Covid. Foi na UTI deste primeiro hospital que meu pai teve febre a primeira vez. Ele teve alta e foi para um quarto, aí eu comecei a acompanhar o meu velho".

Em nota, o hospital afirmou que Amadeu faleceu pela tarde de ontem, em decorrência de falência múltipla de órgãos.

Amadeu atuou em várias novelas da Globo, como na primeira e segunda versão de "Sinhá Moça", "Renascer" e "A Viagem". Também atuou na série infantil "Sítio do Pica Pau Amarelo" e ficou muito conhecido por interpretar o cozinheiro chefe Chico de "Chiquititas", no SBT.

*Com informações do G1.