MS Notícias

domingo, 05 de julho de 2020

Pedofilia

Juiz concede liberdade provisória a professor preso em ação contra pedofilia

Audiência de custódia foi realizada nesta sexta-feira (29) e não prevê restrições cautelares

Por: TopMídiaNews29/05/2020 às 17:59
ComentarCompartilhar

O professor de 35 anos preso nesta quinta-feira (28) acusado de abuso e exploração sexual infantil pela internet responderá ao processo em liberdade provisória. A audiência de custódia foi realizada nesta sexta-feira (29) em Campo Grande. A princípio, o juiz não determinou restrições cautelares.

O suspeito, que foi preso em casa, no bairro Itamaracá, disse em depoimento que ‘tinha rompantes’ e por isso assistia a vídeos pornográficos com crianças e adolescentes. Na casa do professor, a polícia encontrou um HD, um celular e três munições, que segundo ele seriam presentes ao enteado dado por um primo de sua esposa, para que o garoto fizesse um colar.

Em depoimento, o professor falou que assisti a vídeos com cenas de sexo explícito com crianças e adolescentes a pelo menos 10 anos, e que gostava de ver os vídeos. Os vídeos e fotos eram salvos pelo professor em seu computador em uma pasta denominada ‘aula’. Ele é professor de matemática de uma escola particular de Campo Grande, onde ministra aulas para o ensino fundamental e médio.

O professor confessou o crime, mas disse não saber que o programa que havia baixado em seu computador acaba compartilhando automaticamente os vídeos e fotos que assistia. Com o professor foram 11 gigas de arquivos encontrados.

A operação aconteceu nas cidades de Bonito, Cassilândia, Jardim e na Capital. Em Jardim, a 239 quilômetros, foi detido um técnico eletrônico de 29 anos. Já em Bonito, cidade a 300 quilômetros de Campo Grande, foi preso um agente patrimonial de 41 anos, e com ele foram apreendidos 19 gigas de conteúdo.

Operação Deep Caught

Os mandados de busca e apreensão que estão sendo cumpridos no Estado foram identificados pela Polícia Civil com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais com indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

O nome da operação se refere ao trabalho investigativo da Polícia Civil, no ambiente da deep weeb, com a consequente localização e captura dos autores dos crimes, praticados contra crianças e adolescentes. É na deep web que os autores conseguem ter acesso ao material como vídeos e imagens de pedofilia.

Deixe seu Comentário

TV MS

22 de junho de 2020
Pagamentos pelo WhatsApp já estão disponíveis no Brasil
Pagamentos pelo WhatsApp já estão disponíveis no Brasil

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma